terça-feira, setembro 27, 2011

Porque a "Lei Seca" não funciona

São Tomé, aquele famoso apóstolo que duvidou das chagas de Jesus Cristo e precisou ver para crer, adoraria os telejornais da TV aberta: têm coisas que só vendo para acreditar.

Ao assistir o telejornal local, de Salvador, eu prestei atenção a uma notícia que era destaque: a volta das blitzes ( por ser palavra de origem alemã, o correto seria blitzen, mas vou utilizar a forma aportuguesada “blitzes”) da chamada “Lei Seca”, aquela que supostamente deveria punir rigorosamente gente que consome bebida alcoólica e sai por aí dirigindo.

A reportagem flagrou um veículo capotando em uma das avenidas mais movimentadas da capital baiana porque o motorista, segundo as testemunhas, estava com sinais de embriaguez – o motorista, aliás, fugiu do local do acidente. Mas a grande pérola da reportagem aconteceu logo depois, quando a repórter entrevistou uma jovem advogada – ou estudante de direito – que bebia cerveja sem moderação e não estava nem um pouco preocupada com a blitze policial. E a jovem deu a receita para não ir em cana:

“Passa a mão por cima e a blitze libera, porque eu já fui pega por uma blitze e fui liberada porque papai tem dinheiro.” ( para quem é devoto de São Tomé, o vídeo pode ser conferido AQUI, a 2:02)

Talvez sem querer a moça explicou, em curtas e objetivas palavras, os motivos porque a Lei Seca não dá certo no Brasil: uma sociedade hierarquizada, onde prevalece – embora de maneira mais ou menos velada hoje – o “você sabe com quem está falando?” e a corrupção que é entranhada em diversos setores do cotidiano brasileiro, e não apenas dentro dos governos, como muitos pensam.

De acordo com estatísticas, o trânsito brasileiro mata cerca de 35 mil pessoas por ano – e estes acidentes custam R$ 105 milhões para os cofres do governo. E todos sabem - ou deveriam saber – que a combinação álcool + direção é responsável por parte considerável destes acidentes. Mesmo com as blitzes e as chamadas publicitárias na TV as pessoas insistem em tomar sua cerveja – a inocente cervejinha socialmente aceita e consumo estimulado por propagandas diárias seja na TV, no rádio, nas revistas e jornais e, pior, com jogadores de futebol e artistas famosos – e desprezar o senso coletivo, pois uma pessoa embriagada ao volante coloca em risco a vida dela mesma e de várias pessoas nas ruas, dirigindo ou não. Não se trata de proibir ninguém de consumir a bebida alcoólica, e sim proibir de beber e logo depois dirigir.

Aí entra em cena a mentalidade hierárquica, onde o poder e o dinheiro fazem a diferença. Não é raro acompanharmos casos de motoristas embriagados que pertencem a um estrato social elevado – magistrados, políticos, empresários - envolvidos em acidentes de trânsito e liberados após pagamento de fiança, isso quando não são “liberados” na hora, no ato. Pessoas famosas, como jogadores de futebol e celebridades, também são “liberadas”. Brechas na lei, advogados, fiança, a famosa “cervejinha ao agente de trânsito”: o arsenal de dispositivos que contribuem para a impunidade é vasto.

Diante do “papai tem dinheiro” e da corrupção enraizada em diversos setores da sociedade, o que resta ao cidadão comum fazer? Talvez rezar para São Cristóvão, padroeiro dos motoristas. Ou São Judas Tadeu, o santo das causas impossíveis, pois está cada vez mais difícil encontrar o mínimo de civilidade e bom senso no trânsito.

19 comentários:

  1. Falta consciência e um pouco mais de cuidado com o próximo. No trânsito, nas ruas, nas lojas, nos parques, nos lugares todos. Motoristas bêbados são fracos. Egoístas. Egoístas e fracos que tentam provar que são bons e donos do mundo, acima do bem e do mal, quebrando regras, infringindo leis. Pagando pela liberdade (algumas vezes) com o dinheiro do papai.
    O que me deixa indignada em relação a essa história toda é que o motorista 'bebum' que já não pensa em manter sua vida, nem se dá ao trabalho de pensar na vida de quem atravessa as ruas todos os dias, pessoas com vidas, com família, amigos, pessoas que vão deixar um vazio enorme no mundo. Enfim... torpor. O bêbado metido a motorista é só torpor.

    ResponderExcluir
  2. Tudo isso deixando bem claro que minha indignação é com o motorista bêbado, não com as bebedeiras, porque né... 'vezenquando' a cerveja gelada na esquina meio que espanta o mal. (;

    ResponderExcluir
  3. Jaime,

    Já dizia meu tio Zé: "É por isso que eu bebo, e ando de bicicleta... que o mundo vai acabar em barranco!"

    =D
    Satoru

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente a embriaguez proporcionada pelo poder das verdinhas ainda tem o dom de passar por cima de tudo quanto é lei que existe e ainda possa a vir a existir neste país, Jaime.
    E quem bebe e dirige com certeza não está pensando nem em si mesmo, nem nos demais.
    Sobre impunidade, basta lembrarmos do caso Edmundo (aquele ANIMAL), onde ele matou inocentes na saída de uma boate e o caso prescreveu algum tempo atrás.
    Se é um Zé Mané qualquer, trancam na cadeia e jogam a chave fora.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite, querido amigo.

    A lei seca não pega, porque molham a mão do guarda...

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Jaime, tudo bem?
    Oooobrigada pelo comentarião por lá! :)
    Ótimo, Jaime!
    Em sociedades como o Brasil, e eu diria até que é um fenômeno globalizado a tal da hierarquização, (talvez em alguns países, o que acontece diferente é um sistema judiciário, mais justo..., será?), mas aqui "nóis" vale quanto pesa! $$$ o "puderrrr" é o que conta. O da grana e da "otoridade".
    Nesse contexto, tudo se torna complicado. (para nós relis mortais, então!)

    Apesar de eu ser "imortal tricolor" do meu Grêmioooooo! Dá na mesma... (mas isso é ooooutra história!) rsrs

    Mas essa questão é sérissima mesmo. O tanto de acidentes, fatais inclusive, que acontecem em função da "marvada". É um problema crônico na sociedade e tão "canceroso" quanto a tal da hierarquização que falei acima e que abordaste também, e tão bem!

    E a bebida sim, essa talzinha é democrática que só ela! Seja um Balantines caríssimo até a popular "pinga", dá na mesma "m", não combina com direção, e pronto! É fato!

    Beijinhos e te cuida, amigo!

    PS.1: Uma perguntinha: a tua foto de perfil é a Cruela? rsrsrs

    PS2.: Outra perguntinha: Por que trocou? estava tão bem a outra....

    PS3.: O "PS1" foi brincadeira!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Laiane!

    hahaha! Exatamente, por isso está ali: não se trata de proibir que ninguém beba, apenas que não dirija depois de beber. Mas há anos que não bebo mais uma gelada na esquina ou em casa, quando muito em termos de bebida alcoólica só mesmo vinho e olhe lá rs

    Falta tudo isso que você citou e também entender, de uma vez por todas, que trânsito é coletivo, não há privilégios - e sempre há aqueles que queiram se "destacar" de alguma forma. Daí a afronta às leis.

    :)



    ***

    Prezado poeta Satoru,

    seu tio Zé sabe das coisas! Parece o meu tio Zé! Todo mundo tem um tio Zé, já reparou? =D



    ***

    Boa noite, Amapola!

    pois é, "papai tem dinheiro", como a moçoila do vídeo registrou para a posteridade rs

    Bjs!



    ***

    Oi, Cissa!

    Imagine, é sempre um prazer passar por lá e deixar um comentariãooooo rs

    Interessante essa história de hierarquização porque de fato ela acontece em outros países, mas no Brasil ela costuma ser um tanto cruel e nem sempre percebida. Se lembrarmos que em termos históricos a "abolição" da escravatura ocorreu há pouco mais de 100 anos e um regime democrático muito, muito recente e precisando de ajustes, ainda estamos engatinhando em vários setores, inclusive este da justiça... mas precisamos levantar, caminhar e correr, porque a impunidade, corrupção e o tal "você sabe com quem está falando?" continua fazendo vítimas :(

    Quem fala com propriedade sobre este assunto é o professor Roberto DaMatta - ele até cita uma diferença entre os EUA e o Brasil neste caso de hierarquia: "quem você pensa que é, cara?", dizem os estadunidenses...rsrs Aqui é "você sabe com quem está falando?" A questão da identidade entre os povos...como eles tratam...bacana estudar isso tudo. Eu acho rsrs

    E não combina mesmo. Quem quiser beber é livre, fique à vontade. Mas beber e depois dirigir? É muita falta de noção.

    Beijinho e te cuida também, querida!

    PS1: Malvina Cruela/ Se querem ter sossego/ fujam dela...era assim a musiquinha? rsrs

    PS2: É o Vingador, de "A Caverna do Dragão". Em breve colocarei "O Mestre dos Magos" ali. Eu prefiro colocar as imagens desta galera porque a) não sou fotogênico b) até o Vingador com pó de arroz e um nariz estranho consegue ser mais bonito do que eu! rsrsrs

    PS3: o PS1 parece um PSIU! rsrs

    ResponderExcluir
  8. Oi, Jaime!

    Um dia eu escrevi sobre o Espírito (de porco) da Leis. Taí embaixo um trecho

    As leis têm o propósito de igualar os desiguais. Quando desconsideram as circunstâncias, o seu maniqueísmo é implacável. O código penal e o civil dizem: isso está certo, isso está errado, sob pena de.... Não importa sua condição sócio-econômica. Porém, a sua aplicação é circunstancial. Há uma atribuição de valor aos cidadãos. Uns acabam sendo melhores que os outros. Inclusive aqueles que são designados para julgar.
    ------------------------------

    Agora, me diga: e o Aécio Neves,hein? Foi flagrado na blitz depois de sair de uma festa, negou-se a fazer o teste e ficou por isso mesmo. Ex governador e atual senador, acho que não precisávamos de exemplo melhor de como uns são mais do que os outros.

    Abração. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  9. Jaime,

    Nosso tio Zé é uma entidade que baixa aqui baixa acolá...

    O.o
    Satoru de Ogum

    ResponderExcluir
  10. Oi Jaime!

    Ah o que é mais irônico nisso é que muitos desses motoristas bebados são pessoas que teoricamente não deveriam fazer tais coisas, como advogados, estudantes de direito, médicos, políticos...
    E esse que é o nosso Brasil1 O
    OHOHOHOH ótima ironia a sua...acredito piamente que existe mesmo classes mortais por aí e que sair ilesos delas é um avanço. Acaso vc também tem alunos zumbis? XD
    Bom, a Saeko é uma personagem muito sensual até porque o anime é muito sensual, sempre focando nos "dotes" das personagens femininas. AHSASH e defato ter uma namorada como a Saeko é meio arriscado hohohohohohoh..mas parece que o protagonista da obra aceita esse risco XD.
    Ah espero que vc sempre encontre um tempinho para aparecer no meu blog..gosto de trocar comments contigo!
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Jaiminho, meu amigo!
    Obrigada pelas dicas por lá!

    Fiquei pensando numa coisa, vê bem... olha só..., no século passado todo mundo tinha medo do tal mau olhado, parece que era uma praga do século 20; neste século, todo mundo tem medo de mallware (é assim que se escreve esse bichinho?).
    Creio que descobriram um tal colírio diet e o tal mau olhado ou olho gordo, não dá mais IBOPE.

    Mas o mallware está com tudo o danadinho! Em alta na cotação mundial da bolsa de bichinhos intrusos! E o Dr. Google só fica rindo da nossa cara! rsrs

    Ainda vou fazer um protesto para que você tire a Cruela rsrs do teu perfil!
    Jaime... volta para a foto anterior...

    Beijinhos desvirados! Ops! Sem virus!

    ResponderExcluir
  12. Oi Jaime...

    Eu não conheço nenhum bêbado que admite que fica bebado.
    Todos dizem que mesmo bebendo trocentos cervejas estão aptos a dirigir.
    Conheço vários.
    Fico até com medo de pegar estrada a noite, num sabado por exemplo.
    Na Alemanha por exemplo as pessoas saem pra beber e voltam de taxi. Deixam o carro no estacionamento e voltam para apanha-lo no dia seguinte.
    Isso chama-se responsabilidade e respeito.

    Aqui infelizmente é lei do que tem mais. Corrupção em tudo quanto é canto.

    Será que tem jeito? sei não..


    Um beijo...parabéns pela cronica!!

    ResponderExcluir
  13. Tem um ditado chinês que diz que quando o dinheiro fala, a verdade cala , Jaime.
    Bebida, morte no trânsito e impunidade são uma triste tradição em nosso país que acredito que não mudará jamais.
    E sobre impunidade, basta citar o Edmundo Animal, que saiu de uma festa, matou pessoas em um acidente automobilístico e pouco tempo atrás seu crime prescreveu.
    Se fosse um Zé Ninguém, jogariam na cadeia e esqueceriam que existe.
    Abraço, caro Groo.

    ResponderExcluir
  14. Salve, Cacá!

    Perfeito isso o que você escreveu. É exatamente isso, gente que se acha acima do bem e do mal, como o ilustríssimo Aecinho nas alterosas bem alterado. ( urgh, que trocadilho infame! hahaha)

    Um abraço! :)


    ***

    Prezado poeta Satoru de Ogum , tio Zé baixou por aqui no dia de Cosme e Damião atrás de caruru. Todo ano é isso! =D



    ***

    Oi, Tsu!

    Não é? Eu fico pensando por aqui: como é que um cara, estudante de Direito, enche a cara, sai dirigindo por aí e depois que se formar pode chegar a juiz e julgar um caso de um bebum ao volante que matou alguém? Bastante contraditório. Eu acho.

    Eu tenho alunos de todos os tipos, Tsu! XD Mas em maioria são bons alunos, ainda bem :)

    hahaha! O protagonista aceita o risco porque é a Saeko. Fosse outra ele já teria pulado fora rsrs

    Pode deixar, dou um jeito pra arrumar tempo e passar lá no seu blog, mesmo que eu demore um pouco. Também gosto desta troca de comments contigo! :)

    Bj!



    ***



    Oi, Cissa!

    De nada! Também tive problema com este meu infame blog do qual você corajosamente visita! rsrs Logo, informação útil tem que ser compartilhada.

    Olha, Cissa, é uma boa tese, sabe? Mas aqui na Bahia o olho gordo ou mau olhado ainda tem seu IBOPE elevado: o que vendem de FOLHAS para banhos contra mau olhado por aqui é uma farra! Se eu der um banho de 7 folhas no computador, será que ele tira o malware, vírus e cia? rsrsrs

    Tirei a Cruela da foto! Agora coloquei um sábio! Você viu? O que achou, hein, hein? rsrs

    Beijinhos do bem, sem MALware! ( nossa, eu me supero a cada dia! rsrsrs)


    ***


    Oi, Ma!

    É exatamente isso: O sujeito enche a cara, sai por aí dirigindo e ainda diz "eu conheço meus limites". Mas desconhece os limites de velocidade, por exemplo. E coloca em risco a vida de outras pessoas.

    Dá medo mesmo, sem dúvida. Além da violência que temos nas grandes cidades, ainda tem esses bebuns ao volante. Jeito, tem, mas a longo prazo e se começar agora...

    Beijo! E obrigado! :)



    ***

    Jacques ,

    esses chineses sempre têm boas frases. Sabe, eu acho muito difícil mudar algo. Talvez, sim, tenhamos em um futuro distante boas mudanças - mas não é coisa para nossa geração, nem para seus filhos...talvez algo para os netos já comece a esboçar, se ações educativas eficazes forem tomadas. Do contrário, sem chance.

    Eu fico pensando nas famílias das vítimas do acidente provocado pelo Edmundo quando se deparam com o ex-jogador na tela da TV comentando partidas de futebol. Deve ser revoltante...

    Abraço, rapaz!

    ResponderExcluir
  15. Jaiminho!
    Vim agradecer pelo comentário por lá, no meu e no blog da Ma!Essa minha amiga é rápida, é do tipo bom para parceria..., viu? Ela já veio aqui, já te seguiu! Beleza! Comentou, beleza!

    Tem razão sobre mau olhado..., para meu comput. vou precisar umas 8 a 9 folhas do chá das folhas (são aquelas do Fernando Henrique? rsrs)

    Mas Jaime! Volta pra foto anterior a anterior... aquela tua, meu amigo! Essa coisa de Cruela e gnominho não tá com nada! Ou faz como eu... que tô na maior crise de identidade, tenho 3 perfis, um com cada foto, mas todas fotos minhas! Viu?

    Brigadão pela presença por lá! E desculpe que falei de tudo, menos do teu post, nesta vez, claro, pois já comentei sobre teu post! Lembra?.... Jaime! Comentei, sim! rsrs

    Beijinhos com booommware! (bomware?) rsrs
    Sei lá!
    Beijos, então!

    PS.: Depois do Lenny e do meu poema, com certeza tu tá dormindo.... acertei?

    ResponderExcluir
  16. Putz! rsrrs
    É um banho de folhas rsrs
    não é chá! rsrs
    Bah! Me deu acesso de riso...
    agora não paro! rsr

    ....Juro que não tomei nada, só uma Coca Zero! rsrs

    ResponderExcluir
  17. Uma das coisas que eu não consigo entender é o porquê de ter existido toda uma cruzada contra as empresas de cigarro (proibição de comerciais na TV e fotos das consequências do fumo na embalagem) ao mesmo tempo que o álcool mata muito mais.

    É por que faz parte não só da cultura do brasileiro como da cultura ocidental em si? É por que as empresas de bebidas tem mais "bala na agulha"? Não sei...

    E quanto à exemplar jovem advogada, ela é apenas um exemplo de que a eficiência e cumprimento da lei é proporcional ao quanto você pode pagar para livrar-se dela...

    ResponderExcluir
  18. Cissa, Cissinha,

    imagine. A Ma é realmente muito simpática e gentil, aliás igual a ti :)

    hahaha! Chá de folhas é com o nosso amigo Fernandinho de Sorbonne I & II, o pavão! Em 1985 o Boris CCC o pegou de jeito (epa!) quando era candidato à prefeitura de Sampa. Faz um tempão que Fernandinho curte umas fumacinhas em casa rsrs Nada contra, mas agora entendo algumas atitudes que ele tomava como presidente rsrs

    Aliás, o que tinha nessa Coca Zero aí que você tomou, hein? "Zero"? Sei, sei...rsrs

    Voltarei à foto, então. Eu não sou fotogênico e sou mais feio do que o cão chupando manga - já viu? Eu já: meu tio tinha um cachorro que comia de tudo - até Bonzo! rs

    Mas você pode ter 3 perfis com 3 fotos diferentes, né? Você é bonita e é fotogênica. Imagine um Jaime em três versões? Isso seria algo como a volta do Godzilla ou coisa pior...rsrs

    Lembro, Cissa, eu lembro. E lembro inclusive que você ficou de me falar que "alloggiamento di lei é ______!" Vou cobrar! rsrs

    E o grande Horácio Quiroga é bom mesmo, hein? E gosto muito do Eduardo Galeano, é sensacional!

    Beijoooo

    PS: Fui dormir, sim, mas o seu poema não deu sono. Já o show do Lenny, Kravitzzzzzzzzzzzzzzz...rsrs


    ***

    Peterson,

    é isso o que eu questiono também sobre as tais propagandas de cerveja - e algumas com artistas famosos. O problema não é nem beber e sim quem enche a cara e sai dirigindo por aí.

    Sem falar nos custos que o SUSto tem ao tratar dos acidentados no trânsito.

    O álcool é tolerável e socialmente aceito no mundo. E tem até na Bíblia, né? rs

    ResponderExcluir
  19. Jaime,Os números de acidentes e mortes no trânsito e as campanhas educativas no Brasil parecem não surtir o efeito desejado. Falta consciência, espírito público e cidadania em muita gente.

    Abraços meu querido e tenha uma Ótima Semana =*

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita e o seu comentário! É sempre bom receber o retorno dos leitores.

Todas as opiniões são livres, porém não serão aceitos comentários anônimos e tampouco comentários ofensivos, discriminatórios e que não prezam pelos princípios da boa convivência - o autor do blog reserva a si o direito de excluir comentários com tais temas.

Volte sempre! =)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails