quarta-feira, março 03, 2010

Eu quero um "Especialista de Simplicidade"

(eu sei que ninguém sentiu falta das minhas toscas charges, mas mesmo assim eu insisto...dê um clique)

Ultimamente ando um tanto questionador e não acho isso ruim. A dúvida movimenta a busca para a solução. Isso foi tão profundo quanto uma frase de Paulo Coelho, então vamos deixar de filosofia de botequim e partir logo “pros finalmente”: qual destas atividades é pior:

a) autenticar documento ou reconhecer firma em um cartório;
b) solicitar qualquer serviço no DETRAN de sua cidade;
c) tentar resolver um problema qualquer, uma cobrança indevida ou cancelar algum serviço junto à operadora telefônica do seu estado;
d) dar entrada em um processo de aposentadoria junto ao INSS;
e) fazer a declaração de imposto de renda você mesmo, sem cair na malha fina e receber a restituição justa e rapidamente;
f) todas as alternativas acima e mais um monte de outras atividades.

Difícil, não é? Lidar com essas coisas é realmente muito complicado, leva tempo, dinheiro – principalmente se tiver que rolar um “cafezinho” pro funcionário liberar um documento qualquer – e, principalmente, é necessário ter uma bela e farta paciência! E pensar que todo mundo achava que com o computador tudo seria mais rápido, prático, eficiente e, principalmente, acabaria o reinado das “xérox da identidade e comprovante de residência”.

Mas não fique desiludido! Em breve existirão profissionais para resolver todos esses problemas! Tratam-se dos “Especialistas em Simplicidade”! Não é uma maravilha? E o que me diz dos “Conselheiros de Aposentadoria”? Eu acho sensacional. São as chamadas “profissões do futuro”.

Confesso que me decepcionei um pouco com a descrição de um “Especialistas em Simplicidade”, que são (ou serão) os profissionais responsáveis em simplificar e melhorar a eficiência da tecnologia da informação das empresas. Mas não duvido nada de um “desvio de função” e logo esses profissionais serão contratados por cidadãos comuns para resolver os problemas mais básicos, como a simples troca de um monitor comprovadamente com defeito de fábrica e que leva dias, até meses e ninguém te dá uma solução.

É claro que para alguns setores – DETRANs, cartórios e prefeituras – já temos o nosso “especialista em simplicidade” camarada, o grande Despachante, que sempre consegue dar um “jeitinho” para agilizar os serviços mais complicados que aparecem ao lidar com essas instituições. Eu acho incrível o progresso científico e tecnológico da humanidade, porém mais incrível ainda é quem consegue bolar sistemas tão burocráticos que ninguém consegue dar um fim. Sinceramente, isso não é para qualquer um, as mentes que criaram tais sistemas devem ser muito complexas – o que talvez explique a razão para que nós, simplórios, sejamos tão incapazes de compreender certos mecanismos.

Diriam que não precisamos compreender, e sim nos submeter e pronto. Vai saber? De qualquer forma, aguardo ansioso por um “Especialista em Simplicidade” para simplificar meu dia a dia. E talvez assim eu disponha de mais tempo para deixar de lado a filosofia e ficar só no botequim. Mas só na base do guaraná e suco natural. Ou será que quero complicar demais?

CONCURSO CULTURAL DA REVISTA SUNSHINE

Se você tem o dom da escrita ( contos, crônicas e poesias) e do desenho, não deixe de participar do concurso cultural da Revista Sunshine e tenha o seu trabalho publicado na mais charmosa e-magazine da grande rede! Saiba mais clicando na ilustração abaixo e participe!

Siga-me com simplicidade no twitter: www.twitter.com/jaimeguimaraess

14 comentários:

  1. Jaime, meu querido. Quanto tempo. Muito trabalho... Bem, sobre o assunto do post. Cara, essa questão de profissionais bizarros (é bizarro mesmo rs). É uma solução para um problema que foi criado à toa. A burocratização dos serviços é histórico no funcionalismo público. Desde que o Brasil é Brasil, ou até mesmo antes disso, a burocracia reinava. É que as pessoas entendem números melhor do que palavras. Índices são mais inteligíveis do que rostos, é o mundo da cultura do "preciso ver o montante", cabides de emprego para profissões que nem deveriam existir como o "carimbador"... A gente não tem essa "qualidade" de burocratas loucos... somos pessoas que gostam e trabalham com pessoas e que enxerga o mundo da forma que ele realmente é e não como uma massa traduzida por setinhas vermelhas em gráficos no excel.

    Abração!

    ResponderExcluir
  2. Bem, como no Brasil "tudo acaba em samba, é sempre carnaval", fica tudo certo e nada resolvido, acredito que estamos longe de presenciar uma descomplicação dessas questões! Lembrei do tio Raul, agora: "Tem que ser selado, registrado, carimbado, avaliado, rotulado, se quiser voar! Pra lua: taxa é alta. Pro sol, identidade. Mas já pro seu foguete viajar pelo universo é preciso o meu carimbo dando o sim, sim, sim! O seu Plunct, plact, zum Não vai a lugar nenhum!" rs! E tem um vídeo do Asterix que vale por quaisquer palavras, deixo aqui pra quem não viu e pra quem quer rever. Tudo a ver!

    http://www.youtube.com/watch?v=0P7ZFd-m0gE

    ResponderExcluir
  3. Tomara que essas profissões se fixem mesmo... é preciso! rsrs

    ResponderExcluir
  4. Despachante agora tem nome mais cult. Massa!

    Troca meu link aí no Grooeland antes que eu dê um treco!

    ResponderExcluir
  5. O mais engraçado é que tanta burocracia não impede que se roube descaradamente por ai né... Então para que serve mesmo tanto papel, tanto imposto e tanto blá, blá,blá? Deve ser para complicar nossas vidas e facilitar a de alguém!(R$ R$ R$) Não é possivel que seja só por ser...

    Jaime, adorei seu comentário no meu blog, quase tive um orgasmo de tão satisfeita que fiquei!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Pelo menos se onseguiu ver que burocracia não deve existir no "país do futuro".

    Não é certeza, Jaime, mas vou dando minhas passadas por aqui.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Isso me lembrou do "poupa tempo" que minha amiga foi e teve que ficar horasssssssss pra conseguir renovar um rg e teve o dia no trabalho descontado pq não deu pra ir trabalhar pois seu tempo não foi poupado,rss!!!

    Brasil é o país da burocracia né!

    Uó!

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  8. Só uma observação: Eu senti falta de suas charges!

    Isso pq eu vim aqui pra ver se tinha atualizado o blog e como não tinha, ficava esperançoso de a próxima vir e ter coisa pra comentar!

    Estou numa fase tb muito crítica, ainda mais que entrei numa faculdade de humanas essa hora. Além do mais, continuo colando coisas menos "críticas" mas bem humoradas no blog meu.

    Mas sinceramente, aqui é que vejo o espaço para reflexão, junto com o blog de "Modelando Paradigmas" da Bianca!

    Vc manda bem, quase igual a ela, pq acho ela ainda é a primeirona, mas o seu blog é o segundo blog que mais acesso qdo quero ver uma coisa mais textual! Parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Ah, essa aí parece profissão saída das propagandas das Organizações Tabajaras! Uahahahhahaha!!! Em todo caso, acho que tô precisando do serviço de um desses aí.

    Hoje, por exemplo, eu passei horas tentando resolver minha vida junto à SKY que insiste em me cobrar por um produto que eu não consumi. Um filminho pornô que eu, teoricamente assisti, num dia que não estava em casa... porque viajava! Sim, algum fantasminha safado entrou em casa e comprou um pornozão que não lembro se chama Uma et muito gostosa ou Um Amor Transexual ou Entre as Bochechas III - a saga continua. E dá-lhe explicação, e dá-lhe musiquinha e dá-lhe nada resolvido. Resumo da ópera: bloquiei a compra de filmes pelo controle e, por enquanto, nada resolvido. Ainda não convenci o cara que eu não estava em casa me acabando com o bendito pornozão...

    Taí uma situaçãoa em que um desses especialistas podiam me ajudar...

    Abração, Jaimão!

    ResponderExcluir
  10. Ah, essa aí parece profissão saída das propagandas das Organizações Tabajaras! Uahahahhahaha!!! Em todo caso, acho que tô precisando do serviço de um desses aí.

    Hoje, por exemplo, eu passei horas tentando resolver minha vida junto à SKY que insiste em me cobrar por um produto que eu não consumi. Um filminho pornô que eu, teoricamente assisti, num dia que não estava em casa... porque viajava! Sim, algum fantasminha safado entrou em casa e comprou um pornozão que não lembro se chama Uma et muito gostosa ou Um Amor Transexual ou Entre as Bochechas III - a saga continua. E dá-lhe explicação, e dá-lhe musiquinha e dá-lhe nada resolvido. Resumo da ópera: bloquiei a compra de filmes pelo controle e, por enquanto, nada resolvido. Ainda não convenci o cara que eu não estava em casa me acabando com o bendito pornozão...

    Taí uma situaçãoa em que um desses especialistas podiam me ajudar...

    Abração, Jaimão!

    ResponderExcluir
  11. Ei, Jaime, Brasil é um país burocrática e tem muita coisa por ai sem sentido que ao invés de fazer a coisa certa acaba tornando mais dificil a vida do sujeito a ponto dele desistir de seus objetivos. Mas como também existe o tal jeitinho, ai danou-se, né...
    Muito interessante o seu post.
    obrigado pela visita e comentário

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde.
    passando para espiar as novidades.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja uma boa semana para você.
    Saudações Florestais !

    ResponderExcluir
  13. Querido Jaime,

    Faz tempo que aguardo um especialista em simplicidade, sabia? Mas creio que ele só exista mesmo no meu imaginário.

    As pessoas gostam demais de complicar. Aliás, complicar as coisas deve ser uma fonte inesgotável de prazer para certas pessoas e/ou instituições... nunca vi!

    No meu serviço mesmo, quando acontece algum tipo de problema com computadores, precisamos "abrir um chamado" por telefone, descrevendo o problema e solicitando um técnico no local. Aí, depois de dias e dias de espera angustiante, chega o técnico, analisa o problema e descobre, por exemplo, que o problema é na rebimboca da parafuseta. Então, ele vai embora e diz que não pode fazer nada antes que eu abra um novo "chamado", falando especificamente do problema na rebimboca da parafuseta. Aí ele receberá uma nova ordem de serviço para retornar ao local, e por aí vai.

    Quem aguenta isso? Socorro!

    Bjos e até breve, meu amigão!

    ResponderExcluir
  14. E ai Jaiminho!!!
    Boas dicas para uma nova recolocação, rsss.

    Bjs

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita e o seu comentário! É sempre bom receber o retorno dos leitores.

Todas as opiniões são livres, porém não serão aceitos comentários anônimos e tampouco comentários ofensivos, discriminatórios e que não prezam pelos princípios da boa convivência - o autor do blog reserva a si o direito de excluir comentários com tais temas.

Volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...