quinta-feira, março 05, 2009

Canalhas do CÃOgresso Nacional!

Só não digo que estamos em um circo para não ofender a boa gente que trabalha neste ramo. Sob as lonas ainda damos risadas com os palhaços, nos encantamos com os mágicos, ficamos ansiosos quando o malabarista passeia pelo ar e nos impressionamos com os animais adestrados. E as crianças adoram.

Na verdade os palhaços somos nós. Acreditamos em uma imprensa imparcial e em processos democráticos transparentes. Acreditamos que a justiça é igual para todos, sem exceção, do rico ao pobre e do branco ao negro. Acreditamos que ainda seremos uma grande nação e que os nossos políticos estão realmente preocupados em questões como saúde, educação, reforma agrária, meio ambiente e cultura.

A eleição de um facínora como Fernando Collor de Melo para um cargo importante dentro do senado demonstra claramente a que ponto chegou a canalhice neste país. É simplista demais citar o “caçador de marajás” apenas como “o presidente que sofreu impeachmente por denúncias de corrupção em seu governo”. Este canalha é um assassino, um bandido que confiscou o minguado dinheiro que as pessoas juntavam a vida inteira na caderneta de poupança ( depois ele "devolveu" a grana) o que levou muita gente à falência, à situação de penúria e até mesmo ao suicídio. Apenas este fato já seria o suficiente para que um canalha como Collor passasse um bom tempo atrás das grades ou ao menos o tornasse inelegível para sempre.

Ontem vi na TV as imagens destes dois bandidos, Collor e Renan Calheiros ( amigões de longa data) sorrindo, se cumprimentando e um monte de vagabundo dando tapinhas das costas e cumprimentando-os pela vitória. Vitória de que? Vitória da impunidade? Vitória da canalhice? Vitória dos acordões espúrios nos bastidores do Congresso, aquele antro de corrupção?

O senador de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos, afirmou antes do carnaval que o PMDB era um partido corrupto e que os políticos só queriam mesmo era saber disso. Em que pese a ficha do sujeito, ele apenas falou a verdade. E onde estava o ministro do STF, Gilmar Mendes, que gosta de dar palpite em tudo que envolve dinheiro público? Onde está a grande imprensa e seus grandes jornalistas, que arrotam por aí a “moralidade, a ética e a verdade” para fuçar e remexer essa história?

Collor derrotou - com a providencial ajuda da Rede Globo e da “grande imprensa” comprometida com a ética e a moralidade deste país - Lula em 1989 para a presidência da República. Tenho saudade do Lula de 1989, que se referia ao Congresso como uma casa cheia de “300 picaretas com anel de doutor”. O grande pecado do Lula presidente foi costurar acordos e dar poderes a este partido de aluguel chamado PMDB. E nisso cambada toda está de volta: Sarney, Michel Temer ( alguém conhece alguma coisa relevante que esse sujeito fez pelo Brasil nos últimos 20 anos em que é eleito e reeleito deputado?), Renan Calheiros, Fernando Collor de Melo.

Enquanto isso, nas escolas, eu nunca vi colegas professores tão desestimulados e tão desanimados com o ínicio de um ano letivo como agora. Entra ano, sai ano e os mesmos problemas de sempre, a violência de sempre, a perda de autoridade e a ajuda de custo que é chamada vergonhosamente de “salário” (e ainda há governadores pilantras que querem barrar a “fortuna” de R$ 950 como piso salarial aos professores). Mas para aumentar o salário dos deputados, já encontramos safados se pronunciando!

“Não me deixem só”. Esta foi a frase dita por um desesperado Collor antes do processo de impeachment. Como todos percebemos, o desgraçado nunca esteve sozinho.

14 comentários:

  1. Vc falou tudo, sim Collor nunca esteve só, pediu isso e realemnte não esteve só.
    Tb sinto falta do Lula de 89, hj ele se rendeu a tudo que um dia criticou. Uma pena, o Brasil precisa de uma revolução.

    Abraçãooo

    ResponderExcluir
  2. É uma situação deprimente. O sentimento de revolta já está estagnado, já transformou-se em desânimo.

    Só peço a Deus que não deixe eu me conformar com isso tudo. Não posso.

    ResponderExcluir
  3. Isso só serve pra fazer com que a gente desacredite que um dia esse país vai ser justo. Todos, ou pelo menos 99,9%, estão na política visando o "engordamento" da própria conta bancária e pouco se lixando pro povo.
    E mesmo com tudo isso o povo não acorda e vota sempre nos mesmos!

    E imprensa imparcial no Brasil non ecxiste! Nem o Pedro Bial no BBB é imparcial, que dirá os outros.

    ResponderExcluir
  4. Fique com enojada e tb revoltada,qdo vi ontem no jornal esses bandidos comemorando a sucesso do seu golpe!
    Como estamos bem servidos de parlamentares!Provavelmente esses ai sao donos e vizinhos do outro que tem uma mansao de 5 milhoes no lago paranoa!
    Ha que se esperar ainda por um longo tempo,ate os brasileiros aprenderem a votar!
    Desgraça completa esse senado federal e congresso nacional!!
    Poderia perfeitamente ser feito um gradeado em volta!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Fique com enojada e tb revoltada,qdo vi ontem no jornal esses bandidos comemorando a sucesso do seu golpe!
    Como estamos bem servidos de parlamentares!Provavelmente esses ai sao donos e vizinhos do outro que tem uma mansao de 5 milhoes no lago paranoa!
    Ha que se esperar ainda por um longo tempo,ate os brasileiros aprenderem a votar!
    Desgraça completa esse senado federal e congresso nacional!!
    Poderia perfeitamente ser feito um gradeado em volta!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Não temos nada de seviço público na Brasil que preste. Todo dinehiro que apgamos de impostos vão para os bolsos de gente como Collor. Mesmo assim ainda não fazemos nada e nada! tudo é lindo, o Carnaval que vem para esequecer o que está na realidade. As festas e mais festas...e por aí vai... Eu fico chateada, por exemplo, quando alguém fala que vão privatizar a BR 324, que dizem que só assim vmaos viajar co msegunrança. Certo. Mas não era onroigação do governo nos dar uma pista boa! Já que pagamos!!! Não...nada!! e Ainda sim continuamos em casa...não conversamos. E quando nos reunimos preferimos conversar besteiras ao inves de uma solução para esse pais.

    ResponderExcluir
  7. Groo, não tenho sangue frio não, mas como você mesmo não tive capacidade de usar o humor nessa situação. Seu texto está sério e como eu, não conseguiu nem fazer piada com isso. Essa nomeação, essa vitória do Collor é o que me entristece em ser brasileiro. Como um calhorda como ele, um corupto pode miserável pode ser tão cara de pau de chegar aonde chegou? Olha, o meu ódio, sim ódio, é tão grande que mal posso comentar uma noticia dessas. A mídia mal falou disso, e como mídia alternativa estamos fazendo nosso trabalho de comunicar o absurdo que é o Collor e esse PMDB que um amigo chama de partuido puta (perdão pela palavra) porque só quer saber de e vender. É um nojo isso. Sinto que se não fizermos nada ou gritarmos não teremos resultado. Não é à toa que Brasília foi construída no meio do mato e tiraram a capital do Rio de Janeiro (que é uma cidade grande) Imagina se essa "derrota" acontecesse no Rio, São Paulo, Bahia... ìa ter muita gente presa ou morta. Como o povo não tem passado. Ainda querem comparar o Lula a Collor, quando li isso quase vomitei. Não sou lulista, mas para tudo tem limite. Não há como comparar. O pior foi ler os comentários imbecis de pessoas anencéfalas e BURRAS demais que diziam que isso era bom... Tenho é pena dos meus filhos. Quando for ter, os levarei para morar na Europa e vou dizer que o Brasil é um planeta que fica perto de Jupter. Vergonha total.

    E Groo, tentando mudar de assunto... fiz uma nova entrevista lá no http://brasilstation.blogspot.com . Espero que goste. Por que depois do Collor eu passei mal... De verdade.

    ResponderExcluir
  8. Ola Groo, vim lhe dizer que gostei muito do seu comentário em meu blog. E me deparei com um ótimo texto seu.
    Fiquei feliz de saber que há gente questionando também. Gente buscando gente que acredite que pode ser diferente, melhor e mais participativo.
    Gostei!

    ResponderExcluir
  9. Humor inteligente,achei legal.Eu acho que fernando collor tem tanto direito de ocupar um cargo na politica quanto qualquer outro.o fato de ele ter sido destituido não o torna mas corrupto que os outros

    ResponderExcluir
  10. Eu nem fico mais surpresa desse homem ter sido eleito para um cargo na Comissão de Infraestrutura do Senado - afinal de contas, quem votam são seus comparsas, já que a maioria absurda deles são bandidos. O que me surpreende foi o Collor ter sido eleito para o senado em 2006!
    Um homem desses nem deveria ter seus direitos políticos de volta, que dirá se candidatar a um cargo eletivo!
    Depois reclamam quando falam que brasileiro não tem memória...

    ResponderExcluir
  11. Esses pessoal ainda tem a cara pau ainda em dizer que estão ali representando o povo........que povo? Não a mim! Querem poder ao seu bel prazer.

    Nunca perco a esperança, já foi pior, mais dá uma indignação danada!!!!

    Parabéns Groo.

    ResponderExcluir
  12. É, rapaz... Sou da geração que pintou a cara e foi à rua, pedir o impeachemant do cara. Talvez nem soubesse o que tava fazendo ali, afinal, com 15 anos eu queria era mais me divertir. O fato é que depois de tudo que aconteceu, é incrível ver como "tudo continua como d'antes no Quartel de Abrantes." Às vezes, mudam os personagens, mas o enredo continua o mesmo. Aqui não. Tudo é igual... É o que mais dá medo. Medo e vergonha.

    Ótimo blog! Passa lá em casa... Só não espere grande coisa:

    www.marcelo-antunes.blogspot.com

    Sucesso!

    ResponderExcluir
  13. é realmente revoltante. Será q é só aqui que essas coisas acontecem.
    Pena que no Caogresso não passe uma carrocinha levando esse povo embora.
    Abraço

    ResponderExcluir
  14. "Como todos percebemos, o desgraçado nunca esteve sozinho"

    Sábias palavras, Jaime. As quais, pelo visto, se aplicam hoje(04/09) à situação inversa. Collor está lá para não deixar sozinhos Sarney e sua gangue de senadores partidários de sua permanência à frente da presidência do Senado. Uma onda de cumplicidade abominável ronda o Legislativo brasileiro.

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita e o seu comentário! É sempre bom receber o retorno dos leitores.

Todas as opiniões são livres, porém não serão aceitos comentários anônimos e tampouco comentários ofensivos, discriminatórios e que não prezam pelos princípios da boa convivência - o autor do blog reserva a si o direito de excluir comentários com tais temas.

Volte sempre! =)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails