terça-feira, maio 24, 2011

O fim do mundo

(Nada contra o Corinthians e sua torcida, mas pelo andar da carruagem, acaba o mundo e esse estádio não fica pronto...)

Não foi desta vez: um grupo cristão anunciou que o “Dia do Juízo Final” seria exatamente no dia 21 de Maio de 2011. O grupo Family Radio – este é o nome da seita - espalhou outdoors ao redor do mundo marcando até mesmo os horários de vigília. Se a revolução não será transmitida, o fim certamente será. Consegue imaginar o Datena pedindo “cadê as imagens, cadê as imagens” do fim do mundo?

Felizmente – ou infelizmente para muita gente – o mundo não acabou. Continuamos aqui, firmes e fortes. Bem, talvez “firmes e fortes” seja um pouco de exagero, mas é apenas para ilustrar o fato de termos passado incólumes por mais uma “possível tragédia”. A fixação do ser humano pelo “fim dos tempos” é estranha: basta um cometinha passar por estes lados que já nos apavoramos. E como esquecer do “de mil, passará, a dois mil não chegará?” O terror, naquele período próximo ao ano 2000, não foi um cometa ou uma tsunami gigantesca: foi o chamado bug do milênio, um evento "apocalíptico" que não aconteceu, da mesma forma que as profecias de Nostradamus não se realizaram para o fim do século XX e já se passaram 11 anos e aqui continuamos.

No entanto há mundo e mundos. Estamos preparados para o fim? Claro que não. Houve um tempo em que a humanidade se preocupava mais com isso. Hoje, com tanta coisa para se fazer, sentir, viajar e viver, quem pensa no fim dos tempos? Além disso, o mundo está aí há tempos e já demonstrou que é duro na queda: assistiu a eventos que levaram à extinção dos trilobitas e dinossauros e agora suporta bravamente os seres humanos. Se este mundão aí não acabou ( ainda!), talvez seja a hora de acabarmos com outros mundos que insistimos em perpetuar dentro de nossos corações e mentes.

O mundo em que temos 1 bilhão de pessoas passando fome enquanto os gastos militares atingem somas espantosas até mesmo em países pobres ou em desenvolvimento; o mundo em que a futilidade parece vencer e convencer, e o consumismo ocupa o topo das necessidades e preocupações da maioria das pessoas; um mundo que se comunica mais e vive "on line" – e que é perfeito na esfera virtual, onde felicidade e "integridade" predominam – porém é indiferente no cotidiano de muitas relações.

Eis alguns modelos de mundos que poderiam acabar e não deixariam saudade – assim se espera, apesar de haver quem lucre com a fome e com todo esse consumismo, vejam como esse mundo é contraditório e estranho. Por falar em estranho, a pergunta que muitas pessoas fizeram – e ainda fazem – é “se o mundo acabasse amanhã, o que você faria hoje?”. Não deixa de ser um exercício com respostas surpreendentes, engraçadas e até emotivas, porém a melhor pergunta seria, talvez, “e se o mundo acabasse amanhã, do que você sentiria mais falta deste bom e velho mundo?”

Temos até 2012 para pensarmos melhor sobre o assunto, afinal é mais uma chance para tudo isso acabar, não é verdade? Enquanto isso não acontece, pensemos no vale a pena ser mantido ou destruído em nossos mundos que conhecemos e lidamos diariamente. E em quantos mundos ainda temos a descobrir! Lembre-se: “até 2012 chegará e...bem, se nada acontecer, espere por 2033!”*

*teoria conspiratória/teológica do autor do blog sobre 2033, que um dia ele revelará. No momento a humanidade não está preparada para tal teoria. Contentem-se, por enquanto, com 2012 e as previsões astrológicas do seu signo!

31 comentários:

  1. razão tinha minha vó Olézia, que dizia: "o mundo acaba é pra quem morre" - pra ela acabou em 2001.

    XD
    Marcos

    ResponderExcluir
  2. Wanderley L. Barros24 de maio de 2011 16:20

    Eita primo, está esquecendo do Apophis em 2029. hehehe

    ResponderExcluir
  3. Eu não tenho resposta para nenhuma dessas perguntas. Ando achando tudo muito complicado e quanto mais penso mais dificil fica.
    Talvez se o mundo acabasse amanhã seria um alívio, não sei, tenho a sensação de que a humanidade não tem mesmo jeito...
    Bom, acho que ando muito descrente de tudo e minha opinião sobre isso não seria a melhor agora...
    De qualquer jeito adorei o texto, muito bom mesmo, fiquei triste quando acabou...

    ResponderExcluir
  4. Não acabou agora, mas em outubro acaba, segundo o pastor!! hehehe

    ResponderExcluir
  5. Jaime, adorei as coisas que vc escreveu lá no blog...
    Confesso que ando me sentindo perdida, mas segundo uma frase atribuida a Clarice Lispector, "perder-se também é caminho", talvez essa seja a resposta.
    Quanto ao twitter e outras ferramentas, vc resumiu bem... Tem coisa ruim, mas também muita coisa boa...
    Já falei, mas vou repetir, adoro as coisas que vc escreve, sejam os posts ou comentários...

    ResponderExcluir
  6. Olá, professor!

    Esteja preparado! O arrebatamento irá acontecer no dia 21 de outubro. É que as contas estavam erradas e talz... =p

    Somos obsecados pela ideia do fim. Tanto que muita gente deixa de viver como gostaria, pensando num fim (que acreditam ser num recomeço). Talvez esteja aí o motivo de todo esse interesse pelo fim do mundo, no fundo só queremos recomeçar.

    bjohnny!

    ResponderExcluir
  7. Meu caro poeta Kawanami, nossas avós SEMPRE têm razão em quase tudo...eu digo "quase" porque algumas costumam ser fatalistas e dizer "uma hora dessas eu bato as botas". Minha bisavó ficou dizendo isso durante uns 20 anos...rs

    ResponderExcluir
  8. Primo, na verdade faltou tanto evento, tanto apocalipse e tanto profeta que isso aqui iria passar de blog pra enciclopédia - com uns 10 volumes hahahaha E eu nem ia citar Antônio Conselheiro rs

    ResponderExcluir
  9. Letícia, sabe que às vezes tenho a sensação de que a humanidade não tem jeito mesmo. Mas sempre há um ou outro alento para que possamos crer que as coisas melhorem ou que a condição humana possa mudar. Eu acho difícil, a descrença é grande, mas é preciso prosseguir da melhor forma que pudermos.

    E, sabe, o "perder-se" pode trazer boas surpresas. O que acontece é estamos tão condicionados, tão atrelados à rotina e sedentos por "sucesso" que esquecemos do inusitado, do improviso e até mesmo do fracasso que educa. Dona Clarice sabia das coisas, o negócio dela não era só viajar nos devaneios com uma barata morta...rsrs

    E obrigado por suas palavras, viu? Eu é que agradeço muito suas visitas e seus comentários que sempre acrescentam algo novo aqui pro blog. =)

    E dá-lhe o twitter! rs

    ResponderExcluir
  10. Alcione, e eu não vi? Curioso que esse pastor não é amante do fim de semana: o fim do mundo foi marcado para acontecer num sábado, agora em Outubro vai acontecer numa sexta-feira? Pô, marca pra mundo acabar numa segunda-feira ou no "boa noite" do Cansástico! hahaha

    ResponderExcluir
  11. Olá, moça cabofriense!

    Sim, na verdade tem algo de "recomeço", a ideia de encerrar um ciclo e começar tudo de novo de alguma forma - daí "inventaram" a vida após a morte.

    O que não deixa de ser curioso: há 25 séculos Parmênides nos diz que não era e nem será, apenas é agora. Isso vem sendo levado às últimas consequências, de uma maneira bem distinta do que o filósofo quis dizer, creio. Mas por que a preocupação em recomeçar depois de um fim - de preferência dramático- se é possível renovar agora?

    Zoing! Deixa pra lá...

    E o pastor errou os cálculos e marcou pro dia 21/10. Felizmente deixou o feriadão de 12/10 aí pra galera!

    Bjks!

    ResponderExcluir
  12. Caro Jaime...
    Se é frase é mesmo de Clarice eu não sei, mas estou revisanto a paixão segundo GH e a ideia de perde-se para se achar está lá, logo nas primeiras páginas...
    Acho acordei com esperança, nesse momento na prevalece a aflição do não saber, pra ser sincera é um alívio esse abismo desconhecido, ainda não tenho coragem, mas acredito que me jogar nele vai fazer a vida uma verdadeira vida...
    Brigada pelas palavras... Vamos twitando, blogando... rs

    ResponderExcluir
  13. Talvez não demore muito de nós acabarmos com este mundo. Ai teremos a chance de irmos para outro planeta kkk ou reconstruirmos este. Quanto a mim acredito que somos capazes de refazer o mundo. Afinal ele esta se transformando cada vez mais rápido que algumas pessoas nem o reconhece.

    ResponderExcluir
  14. antes seremos tri mundiais e eu vou comer a samambaia

    ResponderExcluir
  15. bisavó é um ser Humorista, meu. tu não tinha sacado? a minha dizia que já tinha passado da hora de morrer; daí minha mãe pegou a tesoura de costura e disse: "quer que eu mate?" e a véia arregalou os ói de medo! haha

    ResponderExcluir
  16. Então, vimos que as tentativas medievalescas de atrair fiéis através do medo das punições pós-morte não estão dando mais certo como antigamente. O que não quer dizer nada pois muita gente, recolhida em sua bolha de ignorância e medo de alguma punição divina caso conteste alguns costumes religiosos e passagens bíblicas, acaba realmente temendo o dia do fim e vivendo o "último dia".

    Apesar de ter sido ridicularizada por muitos, essas previsões não deveriam ter sequer espaço publicitário. Talvez chamem isso de censura, eu chamo de bom senso. Quem é adulto não deve ter levado a previsão a sério e fez piada com ela, mas e o terror que isso não causa em uma criança?

    Olhando por esse ponto de vista, muita coisa teria que ser censurada...

    ResponderExcluir
  17. Não penso que o mundo vá acabar sem mais nem menos, mas concordo contigo que muitas coisas que existem hoje precisam acabar. Porque enquanto nossos irmãos passarem fome, como pode haver progresso?

    ResponderExcluir
  18. Os mundos individuais acabarão mesmo, é fato. Espero que o nosso não venha com tanta pressa, queremos ficar mais um tiquinho e mais outro... é tão bom!!! Quanto a resposta de sua pergunta caro mestre, certamente se amanhã fosse o último dia... Ai! Ai!! Sentiria falta do AMOR como um todo, englobando tudo relativo a ele, sentiria falta de você. (tô te babando pela proximidade de teu aniversário) hehehehehe!!!

    ResponderExcluir
  19. Isabel, não é à toa que a NASA anda caçando planetas por aí e "todo mundo torce" pra existir água na Lua e em Marte rsrs E quanto à transformação deste mundo, sim, está muito rápido, não damos conta e em boa parte dos casos o ímpeto é "deixar que tudo se acabe". Ainda podemos fazer muita coisa. Eu acho.

    ResponderExcluir
  20. Nelsão, moleque Dentinho já anda com a samambaia. Aliás foi o consolo dele por ter perdido o título: chegou em casa e deu uma poda na samambaia, né? hahahahaha

    ResponderExcluir
  21. Meu caro poeta Kawanami, sua mãe também possui um talento todo especial para o humor! E o humor é um santo remédio, veja que a véia parou de reclamar sobre morte e tal...rsrs

    ResponderExcluir
  22. Peterson, quando eu era criança assisti a uma reportagem ( no Fantástico) que falava sobre profecias e fim de mundo - e com aquela trilha sonora assustadora. Resultado: tive pesadelos com o fim do mundo durante algum tempo e também com trauma do Cansástico, acredite! rs

    Eram outros tempos. A visão e as informações que tínhamos eram apenas de uma única via, se tanto, com a TV. Havia jornais e revistas, mas TV tinha ( e tem) uma importância maior. HOje, com internet e tantas fontes de informação, a tendência é tratar de "profecias" como esta com desdém, incredulidade. Interessantes este nosso tempo em que rituais e crenças de outrora são, ao mesmo tempo, ridicularizados e incentivados. Eu acho curioso... não acho o caso de se censuras, até porque não se conseguiria, e sim aprender a lidar com essas coisas estranhas que aparecem por aí... rs

    ResponderExcluir
  23. Jenny, não acaba assim tão fácil não. É mais fácil a raça humana ser extinta do que o planeta acabar - ao menos pelos próximos milhões de anos. Um dia chegará ao fim, pois o Sol pode diminuir sua energia ou "pifar" de vez...rs. Aí lascou tudo. Ao menos não vai ter ninguém culpando o governo pelo apagão hahaha

    Não há progresso com fome, sem saúde, sem educação, concordo contigo!

    ResponderExcluir
  24. Pat, minha querida, só mesmo você pra lembrar do meu aniversário, já que nem eu me lembrava dessa proximidade. É por isso que as coisas começaram a dar erradas: o inferno astral começou kkkkk

    Muita coisa neste mundo vai acabar, é verdade, mas todos sentiríamos falta do AMOR. Como cantou um certo quarteto obscuro lá de Liverpool, "all we need is love" :)

    ResponderExcluir
  25. Olá, Jaime

    Incrível a quantidade de teorias apocalípticas que nossa raça criou nos últimos anos. Digo nossa raça, porque os animaizinhos estão lá, bem despreocupados (se o mundo acabar, fazer o que...), enquanto nós ficamos aqui, dando ouvidos para toda e qualquer bobagem que resolvem inventar a cada semana.

    Li uma notícia semanas atrás que inclusive já havia um grupo aproveitando-se da situação (imagiiiinaaa) e oferecendo-se por uma determinada quantia em dólares para cuidar dos animais de estimação de alguns que achavam que iam passar "dessa para melhor" no final de semana passado... Inclusive, até achei a notícia novamente, caso vc não acredite em tamanha bobagem... rsrsrs (http://www.anda.jor.br/2011/05/19/ateus-se-oferecem-para-cuidar-de-animais-de-estimacao-dos-cristaos-apos-juizo-final/)

    Enfim... o mundo não acabou. Mas vc me deixou curiosa a respeito da teoria de 2033. Seria o ano em que o Corinthians finalmente levaria uma Libertadores? :-))

    Abs e boa semana!

    ResponderExcluir
  26. Olá!!

    Desde o início zombei desse fim do mundo desse ano,rs!

    Mas você já ouviu falar na Nova Ordem Mundial?
    Isso sim nos levará ao fim do mundo, ou mnelhor, já está levando.
    Dá uma assistida nos vídeos que tem nesse site, é interessante e consistente:
    http://novaordemmundial.net
    Estou começando a saber sobre isso agora, graças a uma amiga.

    Sobre o livro, se você quiser posso te passar por e-mail, é justamente falando dos reptilianos.
    Nem terminei de ler, acredita que não consigo dormir direito até hoje? Rs!

    Beijosss, boa semana pra você!!!

    ResponderExcluir
  27. Jaime, fiz o texto sobre o filme do qual falávamos ontem. Difícil escrever sobre Insolação, mas parafraseando Clarice (dessa vez tenho certeza que a frase é dela)escrever sobre isso foi dando pouco a pouco uma alegria difícil, mas chama-se alegria.
    Abraço

    ResponderExcluir
  28. Oi,Luciana! Obrigado pelo link, é incrível como aparecem oportunistas para qualquer situação, não é verdade? Talvez seja isso mesmo o que dizem por aí, "o mundo é dos espertos" rs. Taí, outro mundo que poderia ter fim, o dos "espertos" hahaha

    Ahhh, sobre 2033 não conto ainda. Vai ter que esperar passarmos por 2012 e assim, em Janeiro de 2013, eu exponho minha tola teoria! Mas já adianto que não tem nada a ver com o Corinthians ganhar a Libertadores: isso aí seria não apenas o fim do mundo, mas do Universo! hahahahaha

    Abs e boa semana para você também!

    ResponderExcluir
  29. Myself, a Nova Ordem mundial é coisa que já ouvi falar há algum tempo, mas ou menos no mesmo período que ouvi falar de Illuminati e outras teorias conspiratórias que eu ADORO! hahahaha! E isso não tem nada a ver com o tal Código da Vinci - livro do qual o autor foi brilhante na idealização da obra.

    Quero sim! Os reptilianos, esses "simpáticos" bichinhos...rs Depois me passa pelo e-mail.

    Bjs e boa semana pra você também! E bons sonhos, sem ET´s e reptlianos rs

    ResponderExcluir
  30. Letícia, muito bem escrito por sinal o seu texto. Já passei por lá! Um abraço e obrigado!

    ResponderExcluir
  31. Eu acho que o fim do mundo será em 18/10/2018.
    POrque eu acho isso? Estou chutando, assim como muitos fazem....rir!
    Essa crônica é ótima.

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita e o seu comentário! É sempre bom receber o retorno dos leitores.

Todas as opiniões são livres, porém não serão aceitos comentários anônimos e tampouco comentários ofensivos, discriminatórios e que não prezam pelos princípios da boa convivência - o autor do blog reserva a si o direito de excluir comentários com tais temas.

Volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...