sexta-feira, fevereiro 25, 2011

Considerações sobre a sexta-feira

Charge sobre o “aumento do piso salarial para o magistério”. Agora, professores do nível médio devem ganhar R$ 1.187,94. Mas quem acha que está bom atente para um detalhe: este valor é para a jornada de 40h. A jornada de 20h vale R$ 593,98 – e o salário mínimo é de R$ 545. Enquanto isso o MEC continua com propaganda bonitinha...

Finalmente, é sexta-feira! Mais uma semana vencida e a perspectiva de dois dias de descanso – apesar de quererem nos convencer que trabalhar no fim de semana enobrece e desenvolve o país -, um fim de tarde com a turma do escritório na happy hour, uma aula mais descontraída na faculdade, enfim, a sexta-feira, na maioria das vezes, traz uma sensação bem positiva às pessoas.

Particularmente, adoro este dia e não apenas pelo fato de ser véspera de fim de semana. A sexta-feira remete a lembranças agradáveis da infância. Ao tocar o sinal da última aula, os meninos já tinham hora certa para transformar o terreno baldio lá da rua em um Maracanã onde desfilaríamos nosso repertório de jogadas geniais – isso se nossas mães não nos prendessem em casa para terminamos a lição. Também neste dia havia a feira no bairro e, em tempo de férias, o pastel e o caldo de cana eram obrigatórios – quem é de São Paulo sabe o que é degustar um pastel de feira. E os carretos que a molecada fazia adaptando os carrinhos de rolimã para carregarem frutas, verduras e legumes das donas de casa que não aguentavam levar tudo o que compravam em uma sacola apenas – era assim antes dos "hipermegaultrasupermercados" e das incontáveis sacolinhas plásticas.

Por que a sexta-feira costuma ser um dia com essa alta carga positiva? Os místicos diriam que se deve ao fato deste dia ser dedicado a Vênus, deusa do amor e da beleza; no entanto, além da óbvia véspera do final de semana explicar em parte essa positividade, acredito em um fator que muitas vezes acaba passando despercebido e pode infuenciar nas boas vibrações: o senso de dever cumprido, a superação de uma semana inteira de trabalho e os desafios que aparecem no dia a dia.

Mesmo que os problemas continuem ainda sem solução, a sexta-feira surge como um alívio, pois é o último dia de trabalho – para muita gente – e desta forma há uma pequena e oportuna pausa para algumas preocupações, sobretudo ligadas à esfera profissional. Planejar um final de semana, conferir a seção cultural dos jornais e os lançamentos do cinema – para quem gosta - ou simplesmente não precisar ajustar o alarme para acordar cedo no dia seguinte trazem um bom efeito nas mentes cansadas e que lidaram com altas cargas de estresse e ansiedade durante a semana.

A sexta-feira, a rigor, é apenas mais um dia na semana, evidente. E posso adaptar o que está escrito sobre a segunda-feira no maior clichê que eu já criei: a sexta pode ser o melhor dia da semana desde que você o torne melhor. No fundo, é a verdade: tanto faz se terça, quarta, sábado ou domingo, o dia torna-se bom de acordo com as nossas ações e como lidamos com os imprevistos, as responsabilidades e as exigências de uma sociedade cada vez mais insana. O ideal, pra valer, é que conseguíssemos fazer com que cada dia da semana fosse uma sexta-feira, com leveza de espírito e positividade.

Enquanto não alcanço esse estágio, continuo comemorando as chegadas da sexta-feira. Hoje, infelizmente, não tenho mais acesso ao pastel de feira e caldo de cana e tampouco feira - apesar da famosa feira de São Joaquim; mas lá não tem pastel igual ao dos japas, tem acarajé – mas conservo uma lembrança desta vez dos tempos da adolescência: sexta-feira tem uma trilha sonora e este é dia de ouvir “Rock n´Roll All Night... and party everyday”, do Kiss.

Afinal, não é isso o que queremos? Rock n´Roll a noite toda e festejar todos os dias, até, quem dera, na segunda? Mas fiquemos aqui, na sexta com sua trilha sonora preferida. O que importa é o espírito do dia dedicado a Vênus, deusa do amor e da beleza! E invoquemos Baco, o deus do vinho e das festas, para uma celebração do balaco-baco!

7 comentários:

  1. Quando eu era menor, saia da escola e já ia alugar alguma fita de vídeo game (em especil Sim City 2000 que eu amava e passava o dia todo construindo minha cidade) para jogar no meu Super Nintendo. Ou ainda planejava campeonatinhos de vídeo-game. Quando não envolvia vídeo-game eu ia brincar na rua mesmo. ^^

    Espero um dia realizar meu sonho de trabalhar de segunda a sexta-feira para poder sentir novamente o prazer de cada dia da semana e voltar a fazer campeonatos de vídeo-game se não, reunir um pessoal para fazer qualquer coisa.

    ResponderExcluir
  2. Adoro seus textos Jaime...
    Putz... se vc soubesse como estou hoje... rs... Seria capaz de estrangular um deputado hoje... hahaha
    E isto n é ironia... rs

    Pois, acho uma tremenda falta de respeito com a classe dos professores... Brasilzão parece gostar de teorias e leis de enfeite...

    Grande abraço =)

    ResponderExcluir
  3. A unica coisa que me prende numa sexta feira com esse calorão que aqui faz agora é um texto bom do Jaime. rsrs. Agora mesmo a minha mulher já tá me xingando aqui por eu estar demorando para lhe acompanhar a um barzinho aqui perto que tem um churrasquinho incomparável. hahaha! Abração, ótimo final de semana. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  4. Caro amigo, Jaime! Enfim, hoje é sexta-feira e eu consegui, finalmente, entrar no seu blog!
    Esse texto está perfeito, aliás, como todos os outros, ficou, digamos...intenso, místico, criativo...além do que, eu amo sexta-feira!!! beijos, Lê

    ResponderExcluir
  5. Sexta-feira é véspera internacional do sábado, dia não fazer nada e descansar depois. Ou fazer tudo. :P

    Beijo e está marcado o almoço (espero que em uma sexta).
    :)

    ResponderExcluir
  6. Como minha vida está irregular, a sexta-feira se tornou uma coisa comum, na verdade parecendo mais com o domingo, pois tenho mais aulas no sábado. Tendo oportunidade, me divirto em todos. E quanto à charge, se eu resolvesse trabalhar como caseiro na casa de meus pais eu seguramente ganharia mais do as aulas que dou atualmente.

    ResponderExcluir
  7. Eu sempre falo que gosto mais da sexta do que do sábado, porque na sexta á noite posso sair pra me divertir sabendo que ainda terei dois dias inteirinhos de descanso pela frente =)
    É realmente o melhor dia da semana!!

    Dei uma sumida porque estou em dois empregos, mas graçassss a Deus isto está chegando ao fim, porque consegui a demissão do emprego ruim, yesss, só mais um mês de sofrimento e chega!!
    Estou exausta!!

    Beijão e boa semana pra você!

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita e o seu comentário! É sempre bom receber o retorno dos leitores.

Todas as opiniões são livres, porém não serão aceitos comentários anônimos e tampouco comentários ofensivos, discriminatórios e que não prezam pelos princípios da boa convivência - o autor do blog reserva a si o direito de excluir comentários com tais temas.

Volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...