quarta-feira, agosto 18, 2010

Propaganda eleitoral "gratuita"

Estes são meus candidatos! São ótimos, não? Clique na imagem para melhor analisar suas propostas!

Como faço todas as manhãs, ao ligar o carro sintonizo em uma estação de rádio para ouvir uma programação informativa inclusive com os boletins do trânsito, o que me permite traçar a melhor rota para chegar ao trabalho escapando de alguns congestionamentos.

Mas naquela terça-feira isso não foi possível. Ao ligar o rádio ouço a famigerada Propaganda Eleitoral Gratuita, que ainda fazem questão de frisar que é obrigatória e está na lei – no caso, a tal Lei 9.504/97. São 50 minutos de bobagens, inutilidades, imbecilidades e mentiras descaradas.

50 minutos que seriam mais bem aproveitadas pelo cidadão caso continuasse a programação informativa ou mesmo musical das emissoras de rádio. Não me venham com esse papo de “é democracia, não reclame contra um direito que levou anos para ser conquistado”. Prefiro o direito de sintonizar a emissora de rádio ou de TV e assistir ou ouvir o que bem entender durante este período e não dar de cara ( e ouvidos) com um bando de boçais que mal sabem ler.

E outra: o tal horário não tem nada de “gratuito”. A TV e as emissoras de rádio sobrevivem graças às receitas publicitárias. Quem vai cobrir o prejuízo de passar quase 1 hora sem “comerciais” e merchandising?

É isso aí: o governo banca. Ou melhor, todo o cidadão. As empresas de comunicação recebem uma compensação fiscal bem interessante da Receita Federal, como forma de cobrir o “prejuízo” que a propaganda eleitoral acarreta às emissoras de rádio e TV. Basicamente é como se cada cidadão pagasse R$ 4,44 para receber em seu aparelho de TV e rádio as pérolas que os candidatos soltarão até o dia 30 de Setembro. Saiba mais sobre este assunto AQUI.

Ouvi 5 minutos da propaganda eleitoral. Foi tempo suficiente para pescar um festival de tolices. Um candidato a deputado estadual que ressaltava ser “cristão”. Que pena, se fosse “xintoísta” talvez ganhasse meu voto... Outro, que mal sabia ler as propostas que certamente alguém anotou em um papel, falava em “melhorar a educação”. Seria ótimo que a educação melhorasse e ele retornasse à escola para aprender a ler direito. E o mantra de sempre: “Meu nome é_______, pela saúde, educação, segurança e emprego, vote____”.

A propaganda na TV deverá ser mais divertida, pois veremos as figurinhas que capricharão em sorrisos e promessas mirabolantes em busca do seu voto. Analisar propostas? Que propostas, se todas são absolutamente iguais, genéricas, tolas e falsas? Como acreditar, por exemplo, em uma proposta daquele partido outrora de esquerda e que hoje está aliado a mais retrógrada oligarquia no estado, na cidade? E aquele candidato que passou 16 anos no poder, não fez nada e agora quer fazer "tudo" em 4 anos? Como levar a sério os atores, cantores, humoristas e jogadores de futebol que mal sabem se posicionar quanto às questões sociais do país?

Podem me chamar de alienado ou o que for, mas decidi: todas as manhãs já reservei minhas coletâneas com Stones, Led Zeppelin, Kiss, Pixies e mais uma turminha da pesada para enfrentar o congestionamento até chegar ao trabalho. Eventualmente selecionarei Roger Water com o seu “Radio K.A.O.S”, bem apropriado para este festival de tolices que é a propaganda eleitoral “gratuita” e obrigatória.

Aproveita que é grátis: www.twitter.com/jaimeguimaraess

15 comentários:

  1. Grande Jaime!

    Mesmo ranzinza vc é genial !

    XD adorei o candidato estilo pateta heheheeh. muito bom!

    E é verdade, precisamos mostrar que o horário de grautuito, só o nome.

    abraços!

    ResponderExcluir
  2. gosteii tbm do estilo dele!
    pode-se dizer q ele tem estilo! rsrs.

    ResponderExcluir
  3. Acho que vc está com puro despeito de nossos políticos maravilhosos e dos candidatos mais maravilhosos ainda...

    É muito feio falar mal das pessoas, ainda mais quando tratam-se de pessoas tão bem intencionadas, honestas e cheias de potencial. Muita ruindade da sua parte! E escutar músicas no lugar da propaganda eleitoral GRATUITA chega a ser pecado, sabia?

    Não pensava que vc fosse capaz de pensar mal de pessoas tão boas. Se eu fosse você faria outro texto pedindo desculpas, rssss : )

    Bjo grande, pingando veneno em cada cantinho da boca!!!

    ResponderExcluir
  4. Assim como acontece com a Voz do Brasil, a "propaganda" (para alguns anti-propaganda) eleitoral obrigatória nas emissoras de rádio e tv, perdeu o sentido como fonte de informação. Hoje a única função q cumprem é a de tentar mostrar, por alguns minutos, aos "donos" de emissoras q aquele espaço é concessão pública, pertence ao governo (oi, Chávez!). Mas se pertence ao governo, por que pagar? Hummmm...
    Eu não sei qual critério as pessoas usam para escolher em quem irão votar, mas desconfio que não seja pela forma de pronunciar seu nome-e-número rapidamente(a única coisa q os canditados a deputados conseguem fazer). No rádio a coisa é ainda mais bizarra (você-me-conhece-homem-de-deus-lutando-por-educação-saúde-e-segurança-Fulano-171).
    Duvido muito q, nos dias de hoje, alguém ainda use o horário eleitoral para escolher em quem vai votar.

    Haveria algo subliminar no Pateta com quatro dedos...?

    bjohnny!

    ResponderExcluir
  5. Também acho o programa eleitoral uma grande besteira e um desperdício de dinheiro público para custear promessas que não serão cumpridas.

    Quantos hospitais, escolas, creches, praças, casas populares não poderiam ter sido construídas com o dinheiro gasto para a propaganda política?

    C'est Brésil!

    ResponderExcluir
  6. Risos.
    Só você mesmo.

    E, estou com saudade.

    ;)

    ResponderExcluir
  7. Somos todos passageiros clandestinos nos destinos da nação. Triste destino, engolir sem mastigar...CHUVA DE CONTAINERS... ♪

    E no fim a gente é obrigado a votar no 'menos pior' porque sabe muito bem o desfecho de toda essa 'novela'. Achei ótimo você ter abordado essa compan$ação, porque a gente paga até pra ouvir asneiras e promessas que como sempre, serão muito bem 'esquecidas' após o resultado das eleições. Felizmente mesmo tendo transferido meu título, não me fizeram aquela 'gentil convocação' pra mesária, porque esse é só mais um absurdo, na minha opinião. Nem pelos dias de folga compensa perder um domingo, tendo que ensinar pelo menos uns 40 % das pessoas a votar na maquininha. Depois da queda, o coice: a copa passou e agora a gente aguenta as mentiras do horário eleitoral.

    ResponderExcluir
  8. Menino adorei seu canto. Desculpe-me a demora de dar aquela espiadinha e posso te dizer que amei.

    Olha, falando sobre politica, raros os políticos que realmente tem uma noção do que deve ser feito para o povo. Nunca abriram a constituição e enm sabem que o Brasil teve "infiltrações" de holandeses e franceses. Eles de fato só querm se dar bem nas costas do povo. Falam imensas bobeiras e ainda aqueles pseudo famosos tentam e conseguem a ignor^ncia da maioria da população que é mais alienada do que qualquer outra coisa...

    O programa eleitoral serve como um programa humorístico fora de hora.

    Beijcoas

    ResponderExcluir
  9. Eiii delíciaaaa isto aqui!!! EStou de volta! Após alguns meses de exílio, voltando com força total, te espero lá "em casa" pra um papo ok! Big Beijos!!=^.^=

    ResponderExcluir
  10. Oi moço!!!
    Saiba que dei gargalhadas(altas) na Lan House que me encontro agora! O pateta ficou muito engraçado!!!

    Mas vamos ao ponto da questão. A questão é que ninguém escolhe seus candidatos por esse horário maluco de propaganda eleitoral.FATO.Se é um tempo jogado fora, por que ter isso? Ainda tem essa (que eu não sabia!)do din din que sai do NOSSO BOLSO para esses pobres coitados falarem 05 segundos no rádio e na televisão!

    Outra coisa que não entra na minha cabeça e papelzinho tipo santinho de candidato sujando as ruas, placas enormes com sorrizinhos falsos, deixando feia a cidade toda! Essa porra devia ser totalmente proibida!!!

    Enfim, essas coisas também me deixam muito puta da vida!!!
    Adorei o post!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Olha, Jaimão, vou ser sincero: hoje já não tenho mais paciência pro Horário Eleitoral, mas sabe que, nos bons tempos, eu até curtia? Dia desses mesmo comentei com a Faby sobre isso, naquele vídeo que ela fez sobre alguns candidatos digamos... inusitados (hehehe)! Gostava dos jingles, das encenações, de todo o carnaval que eles faziam. Lembro - embora fosse uma "pequena criança" - quando o Enéas surgiu. Lembro também do astrônomo Mourão, uma figura um tanto quanto peculiar e também de uma mulher que pedia, com carinha de cachorro na chuva, "Gente, vamos ajudar os cristãos?" Enfim, um circo! Mas hoje, definitivamente, eu tenho coisas mais interessantes pra fazer. Bom, eu acho, né?

    ResponderExcluir
  12. Meu grande Jaime! Sabe o que me preocupa de verdade com esse circo da propaganda eleitoral? Não é você que já tem uma postura crítica e nem precisa dela pra fazer escolhas. São os milhões de eleitores que escolhem através dela. Gente que precisa dessa conversa de que o horário é ideal para escolher um bom candidato. Se a pessoa chega a depender disso é por que está completamente por fora da conjuntura brasileira. Aí, o resto nem precisa dizer, né? Eu estava em SP na semana passada e vi coisas terríveis, um filme de horror ao vivo: Lula abraçado com Agnaldo Timóteo, Suplicy com a mulher pêra, Serra de braços dados com Quércia, arrepiante. Abração. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  13. hhahhaha irmãos metralha muuito bom. Muuito bom, vc é muito cabeçudo para escrever enquanto eu sou totalmente burróide! Putz cara, tô em obras tb e pra falar a verdade até entrar no meu tb tá difícil...tá sinistro.
    um beijão!
    Kely

    ResponderExcluir
  14. Eu fiquei de bobeira quando vi o TIRIRICA e sua frase "PIOR DO QUE ESTÁ NÃO FICA! VOTE NO TIRIRICA!"
    O mundo está acabando!!!!!!!!!

    Estou pensando seriamente em votar nulo este ano.

    Li o livro da Clarah Averbuck que vc me falou "Máquina de Pinball" e AMEI!
    É a minha cara mesmo, vc acertou em cheio!

    Bom fds pra você!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  15. gostei do blog. Estou seguindo.

    Visite-me, se quiser no www.espacointertextual.blogspot.com

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita e o seu comentário! É sempre bom receber o retorno dos leitores.

Todas as opiniões são livres, porém não serão aceitos comentários anônimos e tampouco comentários ofensivos, discriminatórios e que não prezam pelos princípios da boa convivência - o autor do blog reserva a si o direito de excluir comentários com tais temas.

Volte sempre! =)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails