domingo, março 15, 2009

A professora robô

Agora vai! Cientistas japoneses (sempre eles) testaram um robô que irá revolucionar a educação em todo o mundo: a professora robô.

A professorinha robótica ainda não faz muita coisa além de fazer a chamada e dar broncas do tipo “fiquem quietos”, mas já consegue expressar algumas “emoções” como raiva, surpresa, felicidade e tristeza – sendo que esta é bastante peculiar aos "professores humanos” principalmente quando conferem seus contracheques.

Apesar do criador do engenhoso robô garantir que o objetivo não é substituir os professores humanos, é certo que muita gente já vê com bons olhos a substituição dos arcaicos seres humanos no ramo da educação. A maioria dos internautas que respondeu a enquete na página onde se encontra esta notícia, por exemplo.

E contextualizando para nosso Brasil brasileiro, aposto como tem muito “especialista em educação” e governante de olho nesse robozinho aí. Finalmente criaram algo que poderá acabar de vez com as queixas destes inúteis professores brasileiros, que adoecem o tempo todo, participam de greves, reclamam (de barriga cheia) por melhores salários e condições de trabalho, são desatualizados e foram doutrinados por comunistas perigosos como Paulo Freire.

Com uma professora robô tudo ficaria mais fácil. Em primeiro lugar, não haveria necessidade do governo se preocupar com bobagens como salário, plano de saúde e férias. Tudo isso custa caro. Basta uma simples e barata manutenção periódica e o robot teacher terá uma vida útil bem mais útil que estes velhos professores humanos; além disso, não será necessário gastar nenhum tostão com aqueles velhos cursos de formação e “capacitação” (pior que “capacitação” só mesmo o termo “reciclagem”): basta uma programação inserida ( não me perguntem por onde) no robô com todo o conhecimento necessário para que o aluno “aprenda”. O país economizará uma fortuna e com isso poderá finalmente partir para o progresso: o progressivo aumento em salários de deputados, vereadores, senadores e ministros do glorioso STF.

Evidente que no Brasil a professora robô teria que passar por algumas modificações, principalmente reforço em sua lataria e até o acréscimo de alguns dispositivos de defesa como escudo, campo de força e armas de choque. A sua programação também teria que adaptar-se à realidade brasileira, pois certamente o robô japonês não está programado para processar inúmeros palavrões com os quais os professores brasileiros são agraciados todos os dias nas escolas públicas e particulares. E se o robô for equipado com um “nariz”, esta peça deverá ser inutilizada imediatamente, sob risco de curto circuito na máquina - a não ser que o robô não freqüente os banheiros.

Assim como o vídeo cassete e o computador, a professora robô virá para substituir os nossos professores humanos. Mas provavelmente até o mais simpático dos robôs não daria certo nas escolas brasileiras. Porque seguiria a lógica para a qual foi programada, ou seja, dar aulas, apenas; nada de limpar banheiros da escola, nada de assumir papéis de psicólogo ou assistente social e tampouco mediar conflitos entre gangues rivais.

E o fundamental: uma professora robô jamais conseguirá "processar" os momentos mágicos em que a criança entra no mundo mágico da leitura, da escrita e das artes com o estímulo, a paciência e a dedicação de uma professora “normal”. Isso é humano demais para uma reles máquina.

18 comentários:

  1. Olá...
    Gostei muito deste post.
    Primeiro, acho que essa história de robot teacher não funciona mesmo! Claro que para o governo brasileiro seria perfeito!

    Agora eu penso, quantos professores ficariam desempregados hein?

    A minha sorte é que não teria professores robóticos...
    Mas minha mãe, coitada, ficaria sem trabalho!!!!

    Ótimo post! Textinho bom de ler.
    Saudações

    ResponderExcluir
  2. Cara, é sempre uma satisfação entrar no seu blog. Garantia de ótima leitura! Parabéns!

    Eu, enquanto professor, vejo com tristeza uma notícia dessas. Tanto lugar pra encher de robôs, né? Que tal o Senado, por exemplo?

    Mais uma vez, chovo no molhado: Parabéns... e sucesso!

    Passa lá em casa:

    www.marcelo-antunes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. A parte das adaptações da professora robo para mim foi a melhor parte!
    hahahaahha

    Boa.
    Será que farão uma aaltura de Dracy Ribeiro??

    ab!

    http://martonolympio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Pelo menos na hora de apanhar dos alunos ninguém sairia ferido, nem física, nem emocionalmente.
    Sinceramente ñ sei oq é mais absurdo a violência nas escolas ou robotizar a educação.
    Ótimo post, bom pra pensar.

    ResponderExcluir
  5. sempre quis ter um robô *-*
    mas nao acho que essa historia de professor robô daria certo...como disse a menina do primeiro coment., imagine qtos professores ficariam sem emprego ?
    bom blog :D
    curti *-*

    ResponderExcluir
  6. A professora robô seria msm de GRANDE valor e auxilio. Mas jamais poderia substituir um professor de carne e osso.

    Se bem que... para o caso daqueles que entram em sala, enchem a lousa de matéria, fazem um BLÁ-BLÁ-BLÁ que chamam de explicação e vão embora sem fazer uma aula participativa. Os robôs seriam uma ÓTIMA troca.

    ResponderExcluir
  7. Bela lembrança... professor paulo Freire!

    Seria melhor que o tal robô surgisse para dizimar a raça humana mesmo!

    ResponderExcluir
  8. Groo!

    Você como sempre nos surpreende com seus post.

    Pergunto:
    Será que o(a) prefessor chorará com um aluno que apanhou em casa dos pais antes de sair de casa para a aula?
    Será que ele verá os olhos lacrimejados por ver um aluninho ver seu coleguinha vestido de Nike e ele de sandalinha de dedo?
    Será que o professor de lata perceberá que um aluninho seu, poderá não voltar a aula no outro dia?

    Abs.

    ResponderExcluir
  9. E mais dois pontos: o dono da escola não precisará gastar com lanches na hora do intervalo - ou recreio, como querem alguns - nem haverá preocupações trabalhistas. Ou robôs entram na justiça? Ticket alimentação? Óleo, e ponto final.

    Grijó

    ResponderExcluir
  10. excelente texto! aliás, li também para minha mãe, que, como eu, é professora.

    acho até interessante do ponto de vista tecnológico, mas as máquinas jamais substituirão o ser humano. prova disso é que o ser humano cria a máquina, e não o contrário.

    mas que a educação tá precisando de um upgrade, isso está, viu? =)

    parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  11. Não é mais um post dos "que blog legal, parabéns"... rsrs
    Gostei muito desse texto discutindo o papel dos professores... Comecei a ensinar numa escola e me deparo com essa realidade, a verdade é que a sociedade atual além de não valorizar os docentes, acabam preferindo os professores maquinas - do tipo do conteúdo programado apenas para o vestibular por exemplo - desenvolver uma consciencia crítica e adquirir o interesse numa educação q realmente servirá para vida em sociedade e agregar conteúdo não tem sido a prioridade de pais onde requerem resultado em números para o investimento meramente "financeiro" dado aos seus filhos... Criou-se então um padrão de Escola onde o bom professor é aquele programado (isso não exclui o senso de humor)
    Por sua vez as universidas tb ficam empilhadas de futuros professores que sem "vocação" para a profissão começam a retratar em sala de aula apenas o resultado do contra-cheque ou de sua vida familiar e tratam os alunos como meros "telespectadores" da sua vida cotidiana...
    Enfim... é algo pra discutir por hoooras... rsrs
    Os textos podem ser longos, mas é dificil encontrar discussões nesse mundo virtual onde só se quer dar risada de um "BBB global"... PARABÉNS!!

    nos faça uma visita...
    www.salivando.wordpress.com

    Blog de discussões comportamentais dos universos feminino x masculino - A sua saliva faz a diferença!

    GALERA, o SALIVANDO ficou entre os 6 finalistas do CONCURSO ONBLOG, aproveita e dá uma força, vota lá... www.onblog.zip.net

    Abraços!!

    ResponderExcluir
  12. bem legal o seu blog.... porém não gosto muito desse tipo de blog sabe... mas parabéns por ele!!!

    ResponderExcluir
  13. Com um professor robô deve ser uma bosta pra colar. E por qual motivo levaria alguém na diretoria? Por colocar água no seu reservatório de óleo? E ele iria faltar quando? Se estivesse com "vírus"?
    Não gostei dessa ideia. Uma hora esses japoneses teria que fazer merda mesmo.

    ResponderExcluir
  14. Agradeço a visita ao meu Blog. Valeu mesmo!!!

    quanto à professora robô, imagina isso aqui no brasil... hahahahahaha na hora os alunos vão hackear a professora e todo mundo vai passar direto.

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  15. kkk Eu adorei a parte do comunista paulo Freire. Se bem que só o MST conseguiu usar osistema de trabalho dele, não é? Sou leigo em termos de educação.

    Bem, a professora robô já existe aos montes no Brasil. Quantos professores quase morrem quando um aluno diz que não entendeu? E se fizessem mesmo um robô pra cá, ele teria que parecer mais com um megazord dos power rangers do que um robõ amigável. rs

    E nada substitui um professor, uma pessoa que passa experiência para seus alunos.

    Demorei a aparecer na blogesfera devido a problemas com o moden rs.

    Valeu!!!!

    I'm back!

    ResponderExcluir
  16. é o sonho da elite. Professores robôs não terão culpa de atirar em alunos que por ventura vêm a se emocionar ou perguntar ou esclarecer dúvidas; Eliminação sumária, principalmente nas escolas públicas, facilitando o preocesso de genocídio.

    ResponderExcluir
  17. esse tema ai do post é muito interessante... e como vc disse nao daria certo aqui no brasil nem a pau... só se construirem um que nem o exterminador do futuro ou quem sabe um robocop... se bem que, dependendo da região (tipo favelas) com o tipo de briquedos (armas) que ultilizam as crianças de la tadim do professor do futuro...
    e aquele lance é o homem criando oque irá destruir ele num futuro...
    é a vida...
    bom post como sempre

    valew

    www.eporaivai.blogger.com.br

    ResponderExcluir
  18. Agora podem bater na professora sem culpa...

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita e o seu comentário! É sempre bom receber o retorno dos leitores.

Todas as opiniões são livres, porém não serão aceitos comentários anônimos e tampouco comentários ofensivos, discriminatórios e que não prezam pelos princípios da boa convivência - o autor do blog reserva a si o direito de excluir comentários com tais temas.

Volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...