sexta-feira, março 13, 2009

Chega de exclusão!

Relaxando no final de tarde em um animado bate papo com um amigo regado à limonada bem gelada, ele me surpreende com uma pergunta incomum:
- Qual é a sua ambição nesta vida?
- Ser um cabeça de vento!

Como assim ser um “cabeça de vento”? Vou tentar explicar para vocês, que tem a coragem de ler o que escrevo por aqui - aliás, obrigado pela paciência! Mas vamos lá. Como é difícil definir um cabeça de vento, creio que um exemplo seria mais didático:

- Que coisa...onde já se viu! Os deputados querem aumentar seus salários novamente!
- É...
- Isso não é um absurdo?
- É...
- O que está acontecendo com o mundo? Meu Deus, que loucura, um jovem matou vários colegas de escola lá na Alemanha! Onde vamos parar?
- É...triste.
- Deixa eu ver o que tem no outro canal...ah, saco, olhai, de novo o gol do Ronaldo! Não agüento mais ver isso, é toda hora a mesma coisa!
- Mas ele merece, cara, Ronaldo é guerreiro, é um iluminado, é um exemplo de superação, pô velho, Ronaldo é o cara, ele é 10! E é só o começo hein? E olha que ele tá fora de forma, hein? É um exemplo, é guerreiro, é o cara, ele merece, cê num acha?

Acho. Mas vocês entenderam? Queria ser como estes caras. Não estão nem aí pra crise, crase, pra governo, para os bons modos no dia a dia, para a conjuntura do país, para o destino do dinheiro público, relações humanas, trânsito civilizado e outras questões irrelevantes. E é curioso: demonstram estar numa boa, despreocupados, sempre acabam se dando bem e curtem seu som na mala no carro com uma potência de 1 milhão de decibéis, tomando sua cerveja e não ligam para essas bobagens de política, escola, cidadania.

O que reforçou mais ainda meu desejo de ser um cabeça de vento foi ter acessado a versão on-line do jornal baiano A TARDE e deparar com a notícia sobre a eliminação da gulosinha da Maíra, do BBB. Ora, isso é um fato relevante e a imprensa tem o dever de publicar. A minha cisma é que a notícia sobre a moçoila que adora um pirulito e um celular (com câmera, evidente) estava na seção destinada à cultura. E é uma das notícias mais lidas por lá. Confesso que fiquei feliz. Foi uma revelação! Agora sei o que é cultura no Brasil, finalmente.

É isso aí! Já decidi: não quero mais ser um excluído! Chega de ficar fora das rodinhas de conversa no final de semana. Farei um sacrifício para tornar-me um sujeito culto e assim juntar-me à sociedade dos cabeça de vento! Torrarei a grana de 5 meses de salário num som automotivo super potente de 1 milhão de decibéis – e com direito a DVD no carro, lógico. E não é pra tocar Pink Floyd ou Led Zepellin coisa nenhuma: meu negócio vai ser o hit parade do pancadão!
Vou trilhar o Caminho das Índias e espiar todos os dias o Big Brother Brasil (quero saber quem será a próxima a seguir o Caminho das Brasileirinhas. A tal de Maíra já fez até um trailer caseiro) e me ligar nas notícias passo a passo (de elefante) do Fenômeno de marketing. E, claro, ser mais esperto que o esperto ao lado, principalmente no trânsito e nas repartições públicas. E o primeiro passo está dado: escrever um texto que só um cabeça de vento escreveria! Já estou experimentando os efeitos da mobilidade social!

Porque os cabeças de vento ainda herdarão este país - se é que já não herdaram.

21 comentários:

  1. Interessante este post e concordo em partes com vocÊ... por exemplo eu me ligo em estar informado sobre oque rola no mundo e vejo essas atrocidades e reflito sobre cada uma, mas confesso que assito big brother como um passatempo mesmo sabendo que de reality nao tem quase nada pois a manipulação total... mas nao que venha o caso... mas essa parada de cabeça de vento é oque mais rola em um pais que o ano começa depois de um evento que só se fala de beber o tempo todo, ouvir musicas sem sentidos e por ai vai, mas mais uma vez confesso que curto para relaxar a tensão dos demais dia do ano... a diferença é que me preocupo com o resto, com a realidade que passamos no mundo real, e com relação ao que voce diz que os herdeiros ja ocupam o trono mfalta pouco para que isso aconteça...
    sei que parece confuso meu comentario mas é isso ai... valew...

    http://www.eporaivai.blogger.com.br

    ResponderExcluir
  2. rsrs Sempre muito bem humorado. Eu já me decidi que serei um cabeça de vento em partes. Continuarei lendo Adorno, mas vou ter que saber quem foi o eliminado no BBB para poder conversar, ou simplesmemnte, ter algum assunto.

    São 2h da manhã, to sem muita criatividade para fazer um comentário melhor rsrs

    ResponderExcluir
  3. aff... vc foi no meu blog, se desvalorizou completo, (ou só foi modesto?), dai vim aki pensando: vou dizer umas palavras de consolo pra esse coitado. coitado de mim! pensava q escrevia bem! li um texto como esse seu, sem cansar, sem piscar e sem querer ver o fim.
    vc escreve muito bem!

    acho q vc ja comentou a maioria dos meu textos... então nem sei.. acho q vc pode ler "a vendinha", esse vc ainda naum comentou! xD

    o link eh esse akii:
    http://natanfusco.weebly.com/1/post/2009/03/post-title-click-and-type-to-edit.html

    ResponderExcluir
  4. Olha, é surpreendente,mas dia desses eu estava conversando sobre isso com uma amiga!
    Ficamos pasmas com a falta de conteúdo das pessoas, como elas gostam de absolutamente TUDO o que está na moda sem nem ao menos questionar se o gosto é duvidoso!

    Eu sofro particularmente em festas, pois ODEIO essas porcarias de voz e violão que ficam fazendo cover do Rappa e Cássia Eller e td mundo fica lá, cantando junto como se estivessem morrendo de emoção, como se não ouvissem as mesmíssimas músicas TODAS as semanas, tudo igual.

    Ronaldinho então, meu Deusss, rEZEI pra ele não fazer mais nhum gol,hahahahaha,como pode as pessoas ficarem babando o ovo de um cara escroto desses?
    E que moralmente er apra ser condenado por essas pessoas, que se dizem "cidadãs de bem", como assim, o cara é um puta fanfarrão, cheirador de coca, ai com traveco,mas tudo bem, ele é uma ótima pessoa, pois faz gols!!
    Mas se fosse um cara comum do bairro seria apedrejado!!!

    Afee, eu sou suspeita pra falar tbm, pq odeio gente,rss!!

    Ri mto com "a gulosinha Maíra' rsss!

    Bjusss!

    ResponderExcluir
  5. A alienação atravanca o papo e faz aumentar o consumo de cerveja. Resultando assim, em um aumento do consumo de álcool, que consequentemente, irá matar os últimos neurônios, que ainda restam no alienado.

    ResponderExcluir
  6. ter discernimento hoje em dia é um problemão mesmo. eu optei por ser relativamente alienada. nao vejo mais nenhum noticiário. pelo menos dessa forma eu seleciono pela net as informações que eu quero saber. assim, pelo menos eu nao sou obrigada a saber dessas outras coisas, tipo gol do ronaldo, ou palhaçada de governante.

    ResponderExcluir
  7. Adoro o seu senso de humor! Aliás acho que isso aqui está mais para humor negro hein? Mesmo "querendo" ser um cabeça de vento você foi brilhante em sua critica! REalmente, é o fim, ver noticia de BBB no jornal, e ainda por cima na parte de cultura...me poupe...Ainda bem que tem blog legal na net pra se ler...já pensou se a internet toda fosse subordinada a esses meios? Afff....

    ResponderExcluir
  8. Ai nem... logo agora que nosso amor já era recíproco você enfia uma faca em meu peito?

    uahauhauahauahau...

    Putz! Se você virar cabeça de vente, te mato, ou então, me mato de desgosto!

    auhauahauhauah...

    Muito bem pensado o texto.

    Parece mesmo que a população pensante está exilada entre os cabeças-de-vento (ou seriam de porco?).

    Mas é por seres como você, eu e outros (que mantém a qualidade de vida dos próprios neurônios) é que ainda há esperança.

    Segure as pontas e continue pensando e, por favor, BBB não, né?

    uhauhauahauh...

    Adorei!

    Kiso!

    http://garotapendurada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Há pouco tempo, eu comecei a entender realmente o que chamam de inversão de valores e como isso acontece, ao pé da letra. Perde-se (ou sequer se desperta) o interesse por fatos relevantes, que estão a nos afetar diretamente, e se dá importância às banalidades. Isso é um puta paradoxo, prova que o ser humano racional tende, muitas vezes, a agir irracionalmente. Afinal, que lógica tem dar mais atenção pra um Ex-BBB, do que para seu dinheiro (política)

    Eu não sei se isso é fruto de uma desilusão coletiva ou de um condicionamento geral, não cheguei a uma conclusão sobre isso; mas que isso afeta à todos é uma certeza.

    Que bom que você curtiu meu blog também, cara. Faço convite pra que volte sempre por lá.

    Parabéns pelo post, muito bom!

    ResponderExcluir
  10. Groo!

    Nem sabia que tinha essa tal de Maira, ainda num vi um segundim de BBBBBBB sei lá quantos.
    Sei quem é dois personagem que ocê citou. Pink Floyd e Led Zepellin eu acrescentaria: Nazaré e Black Sabá..... um!!!!!

    Vou aceitar a susgestão....só não quero ser pífio.

    Acho que os caras querem que a gente caia fora da Catráia...ou: Canoa!.

    Abração

    ResponderExcluir
  11. Excluído, falou bem. E bem me sinto assim, não procurando a notícia, mas ela impreterivelmente vindo até mim. Antes a cultura era de base medíocre, agora é mais ainda rasteira, independentemente da classe social.

    ResponderExcluir
  12. ótima postagem.além de ter um bom texto vc colocou links para as noticias que vc abordou em sua postagem.e ainda teve uma boa ilustração

    ResponderExcluir
  13. Muito interessante seu Blog...

    Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  14. Parabéns! O texto é ótimo, refletiu muito bem o que acontece.
    do jeito que andam as coisas excluídos são os que procuram alguma coisa útil, aqueles que tem objetivos de vida e buscam o conhecimento.

    ResponderExcluir
  15. Sempre bom humorado, isso é ótimo. Olhe, eu procuro sempre conciliar a sensatez com o insensato, mas BBB nem pensar. Não suporto nem ouvir a propaganda do dito cujo.

    ResponderExcluir
  16. E olha que essa cultura está fazendo escola. Meu vizinho, cinco anos, me respondeu assim, diante daquela pergunta clássica: " quando eu crescer não vou ser nada. Não vou fazer nada. Meu pai se vira para me sustentar. É mole? Excelente seu post, como sempre. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  17. Globo = Futilidade...
    Abraços
    Saudações Poéticas
    Everaldo Ygor

    ResponderExcluir
  18. rsrsr

    Ficou muito "divertido o testo .. e gostoso de ler .. e concordo .. Globo-Futilidade!! rsrsrs

    Abç.

    ResponderExcluir
  19. Cultura no Brasil...Rss!!! Tv, BBB, Bundas, Bundas, e por aí vai...Valeu pela visita lá no meu Blog vc contribuiu em muito com seu comentário inteligente!!! SEmpre que puder...

    http://sensitivereaction.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Sinceramente? Um pouco de cabeça de vento não faz mal a ninguém!

    Há uns anos atrás, eu não pensava assim. Mas cansei. Cansei de tentar entender o mundo, as crises, os conflitos... Cansei dos meus amigos intelectuais discutindo Deleuze ou recitando Rimbaud... Affe! Isso é pra mim não... Muuuuito profundo...

    O ser humano ideal deveria conjugar as duas coisas: um pouco de consciência do mundo em que se vive com a cabeça cheia de vento...

    Abraço!

    ResponderExcluir
  21. Acho que cabeças-de-vento vivem mais! rsrs

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita e o seu comentário! É sempre bom receber o retorno dos leitores.

Todas as opiniões são livres, porém não serão aceitos comentários anônimos e tampouco comentários ofensivos, discriminatórios e que não prezam pelos princípios da boa convivência - o autor do blog reserva a si o direito de excluir comentários com tais temas.

Volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...