segunda-feira, novembro 10, 2008

A internet e as novas tecnologias utilizadas pelos brasileiros


Ainda o Obama, mas não sobre o Obama. Uma das coisas mais interessantes que eu li sobre a eleição do novo presidente dos EUA foi no site do Azenha:

De uma forma considerável, dizem republicanos e democratas, isso é resultado de como a campanha de Obama buscou entender e tirar proveito da internet (e outras formas da assim chamada nova mídia) para organizar militantes e atingir eleitores que não se informam primariamente através de jornais e da televisão.

Descobriram por lá o que significa “Novas Tecnologias da Informação e Comunicação” e a internet como vedete deste novo paradigma de comuniação. Na verdade, os marqueteiros do Obama descobriram e se deram bem. Uma parte do público que se informava exclusivamente pela televisão e pelos jornais buscou novas fontes de notícias. Hugh Hewitt, em seu livro “Blog – entenda a revolução que vai mudar seu mundo” dá a pista:

Em setembro de 2003, metade das pessoas nos Estados Unidos – 150 milhões – entrou em rede, um recorde para o uso da internet. E entre metade e dois terços daqueles que entram na rede a utilizam pelo menos parte do tempo para receber notícias.

Isso foi em 2003, antes de algumas redes sociais como MySpace, Facebook e sites de vídeos como o Youtube surgirem e se popularizarem. No entanto, daqui pra frente, é por aí onde as pessoas “se encontrarão” e consumirão informações e notícias.

Dá para comprar com o Brasil, um país com inúmeros problemas sociais e educacionais e onde a maioria da população é excluída tanto socialmente quando digitalmente?

Apesar de tímido, vem crescendo os números de acesso à internet no Brasil. Hoje são 30 milhões de internautas que acessam a grande rede seja em casa ou em lan houses e uma em cada cinco residências já tem um computador. Parece e é pouco, mas mesmo assim o internauta brasileiro tem uma média altíssima de tempo destinados à internet: 23 horas e 51 minutos mensais. Isso é bem maior que a média de países como França ( 20 horas), Estados Unidos (20 horas) e Japão (20 horas).

E o que o internauta brasileiro anda fazendo em tanto tempo dedicado à grande rede?

Uma pergunta um tanto difícil de ser respondida, mas basta ir a qualquer lan house e verificar que o site de relacionamentos ORKUT e o comunicador instantâneo MSN são os campeões de acesso nesses locais. O ORKUT, na verdade, é praticamente um site “brasileiro”, pois mais da metade de seus acessos é composta de internautas brasileiros ( cerca de 55%, bem superior ao segundo colocado de acessos no orkut, que é a Índia com meros 16% ).

Evidente que o internauta brasileiro não é somente o das lan houses, mas não deixa de ser preocupante constatar que para muitos a internet resuma-se a ORKUT, MSN, Jogos on-line e pornografia. Pode não diferir muito do perfil do norte-americano, por exemplo, os quais gastam metade do tempo na internet com entretenimento.

Mas o que transparece é que o brasileiro desconhece o potencial da internet e de novas mídias como o celular. Afinal, a grande rede fornece uma quantidade imensa de informações (de forma caótica, é verdade) em que a grande questão é: como lidar com tanta informação?

Notemos que informação é diferente de conhecimento. As informações estão aí em grande escala e muitas vezes não passam de grandes lorotas. Mas como lidar com toda essa informação, selecioná-la e a partir daí transformá-la em conhecimento, em opinião, em algo que seja realmente útil para a sociedade ou para o individuo?

Seria a partir deste momento em que a educação entraria em cena, mas não é o que acontece, pois a escola brasileira, com poucas exceções, ainda não sabe como utilizar bem estas tecnologias na sala de aula. Mas antes que joguem pedras na escola e nos professores, é bom saber que essa falta de habilidade não é exclusividade brasileira.

Obama, o astro pop do momento, reconheceu que tal problema é comum também nos EUA:

"While technology has transformed just about every aspect of our lives, one of the places where we've failed to seize its full potential is in the classroom".

Tecla sap: Obama afirmou que enquanto a tecnologia vem transformando cada aspecto de nosso dia a dia, um dos lugares onde isso não vem acontecendo é na sala de aula. Veja, então, que neste aspecto, Brasil e Estados Unidos são bastante parecidos. Mas atenção: não é o computador ou a internet que vai "salvar" a educação. Nada substitui professores motivados, bem pagos, com boa estrutura de trabalho e com políticas públicas eficazes voltadas à educação e ao bem-estar social.

Voltando ao problema brasileiro: não há nada de errado em acessar ORKUT, MSN e jogos on-line; o problema é restringir a internet somente a isso. E é aí que falta orientação, falta uma visão de futuro, falta perspectiva, faltam boa educação ( a boa e velha educação doméstica, dos valores e dos limites). Sim, muito de que é feito na internet é também reflexo de como o adolescente ou jovem leva a vida no “mundo real”.

Ou será que é à toa que o este internauta brasileiro, cheio de vícios adquiridos em seu cotidiano, seja conhecido nos meios virtuais como “escória digital”?

Felizmente, existe um pessoal esperto que acessa a grande rede, bate papo no MSN e fuxica a vida alheia no ORKUT, mas também produz conteúdo bacana em blogs, youtube, fotologs, myspace, etc. São pessoas que se comunicam, trocam idéias, geram debates, opinam, concordam, discordam, produzem, levam o que assimilaram de bom do “mundo virtual” para o “mundo real” e procuram fazer a diferença.

Uma galera esperta como os alunos da Escola Estadual Profa. Ester Garcia, que sempre tem deixado comentários inteligentes ( com conteúdo e o uso correto do idioma, sem internetês do tipo “axu q naum”)neste blog, sob indicação do professor Fabrício. Não os conheço, mas são sempre bem-vindos para opinar por aqui. Parabéns a vocês! Troquem idéias, opinem, produzam, sejam sempre curiosos!

Afinal, é nessa galera que depositamos fé em um futuro bem melhor. E utilizando também a grande rede, é claro.

28 comentários:

  1. Primeiro quero te agradecer pela visita ao meu blog e pelos comentários. Saiba que gostei muito de suas críticas, em especial, do complemento de seus comentários. Não se preocupe em bagunçar ou não os comentários, independente da ordem, o que você postou é uma análise inteligente e defende o outro lado que também deve ser ouvido.

    Sobre a sua postagem aqui no Grooeland, achei sua abordagem sobre o assunto sagaz.
    Vejo muitas pessoas que tem acesso ao mundo digital e a web, porém, como muitas outras coisas na vida, não conseguem ou não sabem usá-las a seu favor, e isso com toda certeza é resultado da falta de eduação (em todos os sentidos).

    Enquanto as pessoas não aprenderem que podem sugar da internet o suco até chegar ao bagaço e ainda assim aproveitar as outras partes onde ainda há mutrientes, neste caso a boa informação, vamos ter uma sociedade analfabeta politicamente e desinformada, mesmo em meio a tanto conhecimento.

    PS.: Sua visita é sempre bem vinda!

    Bjoks!

    http://garotapendurada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Quero dizer q esse conteudo é muito interessante pois fala sobre internet nas escolas,e q tamben sou um aluno do Ester Garcia.
    Nós os internautas brasileiros fazemos em tanto tempo dedicado à grande rede,não so jogar,conversar e nos divertir mas tambem estudar atraves desses textos intereçantes.
    Acho q mais escolas deviam se dedicar mais aos alunos,envestir em seus conheçimentos não so em livros e mais livros e sim em tecnologia,pois a muitas crianças carentes nem tao sedo vao ter acesso a internet por isso acho q as escolas deviam investir mais.
    DE:RUIZ NATHAN ALMEIDA SILVA
    SERIE:8*F
    Escola Estadual PROFA Ester Garcia

    ResponderExcluir
  3. Ruiz do céu.............que tantos erros de Português são estes......brincadeira.......o que vale é a intenção e o conteúdo da sua mensagem.
    Eu que agradeço a você Groo pelo espaço e pelos textos muito bem redigidos...........e vem mais alunos por aí......

    ResponderExcluir
  4. Oi, Groo.

    Melhor não deixar um comentário gigante de novo...
    Você acredita nisso?
    risos

    A internet é uma meio excelente. Mas, um meio.
    Não a solução. Saber aproveitá-la é um desafio e acredito que vamos vencê-los. Há estudos e estudos sobre isso. Tive de me debruçar em alguns deles há algum tempo e percebi o quanto ainda temos por fazer. De forma sábia, espero.
    Sinceramente? Acho o orkut uma grande bobagem. Redes de relacionamento são ótimas, mas não da forma como usamos. Comunidades devem ser exploradas, sim. Mas, pelamor, né? Orkut brasileiro é versão pobre e digital de uma revista de fofoca.
    O MSN é genial. Assim como outras "ferramentas" dessa natureza. Folgo em dizer que gosto bastante.
    Agora mesmo estava usando para discutir uns tópicos de trabalho e, falando com uma tia distante. Fabuloso! Mas, há de se ter cuidado. Como tudo.
    Ontem li, em uma revista eletrônica, sobre blogs e a importância não apenas como ferramenta na educação, mas também como entretenimento. Como vou discordar?
    Como?

    Pois é, apareceu aquela mensagem no Giramundo. Sei lá se é "conservadorismo" ou encanação de alguém comigo.
    risos
    Seja o que for... talvez seja a hora de me mudar. Talvez.
    ;)

    E, tks por suas visitas gentis. E, seus comentários.
    Bom ser lida por você.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Groo ;)

    Então, quanto ao fato das escolas precisarem da tecnologia, isso eu não discordo de você. Ano passado, quando mudei de colégio, gostei. A escola é toda informatizada, a aula em power point, os professores sempre levam uns vídeos legais e tem aulas, gabaritos, professor on line e notas no site deles, é um avanço. Outra coisa também é que eles influenciaram o conhecimento por nossa parte através da internet. Criaram um site do colégio, para alunos, com notícias que ocorrem no mundo todo, ponto positivo também. Aliado a isso, toda terça-feira, cai duas questões de atualidades na nossa prova, o que acaba 'obrigando' que nós nos mantenhamos informatizados e se for olhar a fonte após a prova, sempre tem lá G1, Istoéonline e o site de notícias do colégio. Por sinal, uma coisa boa até pra você divulgar aos seus alunos e os que visitam aqui e que meu professor divulgou é que a Isto É é a única revista on line com conteúdo total liberado, é uma boa dar uma olhada nas notícias sempre.

    Mas, é claro que esses benefícios só antendem a mim e algumas outras pessoas. Entendo o que você quer dizer.
    Esses benefícios têm que chegar com certeza a todos, é de direito. Já com relação a 'inclusão digital' já vejo que a coisa está ficando um pouco melhor e até teve uma época que se vendia pc a preço mais barato e mais facilitado, lembra disso? E nas lojas normais também, há como pegar o básico do básico dividindo de umas 20 vezes ou economizando. O problema é que a população não tem noção do que a internet e não tem conhecimento da gama de variedades que você pode encontrar nela. Acho que tinha que ser um trabalho bem desenvolvido na escola pública, mas, enquanto não dá, acho válido qualquer tipo de comentário com alunos e textos claros como o seu.

    O chato é que a internet e o mundo tecnológico realmente levam enormes pontos positivos para a sala de aula, mas, não há como exigir isso na implantação de escolas públicas que não têm cadeira e papel higiênico sempre.
    E é isso, é necessário uma educação da população inteira, até dos próprios alunos de escola particular, que insitem em encher o computador da sala de vírus, às vezes atrapalhando a aula e acabando com o meio que todos nos pagamos.

    Acho que é só...

    Ótimo texto esse, como todos os outros!

    :*

    ResponderExcluir
  6. Esse blog quís dizer que a internete, não só pode ser usada para ORKUT,MSN ; etc. Como pode ser usada para passa informações de valor na eduação!e que se poderia investir mas nas tecnologias para à escola .Que os alunos que serão o futuro .

    Escolas deverião acreditar mas nas tecnologias para o aluno .




    Nícolas Oliveira Gomes 8°f

    ResponderExcluir
  7. Barack Obama triunfou de forma espetacular nas urnas,Fez historia e agora tem pela frente o maior desafio de um presidente americano em 80 anos.Amei que ele foi eleito a presidente agora só espero que ele saiba o que fazer com o Estados Unidos.e sobre a internet eu pelo menos não mexo nela só pra mexer no orkut e msn ,Pois acho que ela não se resumi só nisso,E eu nem sabia que eram tantos brasileiros assim visitando o Orkut to pasma!! mais acho que os jovens não devia olhar a internet como:Orkut,msn,Bate-papo,myspace e outros,mesmo por que tem o google que é um otimo site de busca para pesquisas.
    Bom acho que acabei...
    ...Amei o blog, principalmente a parte que fala sobre o Esther garcia e os alunos,Pois acho que devemos mudar a forma de que as pessoas olham e falam sem saber de nada sobre a nossa escola.

    De:Bianca silva
    Série:8°D
    E.E.Prof° Esther Garcia

    ResponderExcluir
  8. Eu acho que a internet não é só para orkut,msn,jogos...Eu mesmo uso a net para fazer trabalhos,pesquisas...Mas a internet serve como meio de comunicação.O governador não dá e nunca deu a minima para a educação,agora que começou a se dedicar um pouco, mas,eles sóinvestem em livros.E as novas tecnologias?Se nas escolas tivessem mais computadores pra os alunos realizarem seus trabalhos e pesquisas,pois existem vários alunos que não tem computador,ou,não tem dinheiro para frequentar lan-houses...Existem tantos alunos que merecem muito mais do que esses simples investimentos.

    Caroline da Costa Hemmel Fernandes
    Nº04 SERIE 8ºF
    ESTHER GARCIA
    PROFºFABRICIO

    ResponderExcluir
  9. Mas o texto fala que nós alunos de hoje somos o futuro,mas se ninguém investe para que os alunos tenham mais vontade de estudar,o que será de nossos filhos,netos,se o mundo continuar assim?
    não da nem pra pensar no que será da gente...As novas tecnologias são ótimas e ajudam bastante,e também da para passar o tempo,e conversar com pessoas que a gente não ver a tempo...

    CAROLINE C. HEMMEL FERNANDES
    8ºF


    OIE PROF° ADOREI A PARTE DIZENDO DOS ALUNOS DO ESTHER E QUE CONFIAM NA GENTE...MESMO NÃO PERECENDO QUE ELES NÃO ACREDITAM NA NOSSA CAPACIDADE DE APRENDER!!!

    ResponderExcluir
  10. Debora
    na minha opiniao os professores de escolas publicas estao certas.Eu concordo com seus direitos sobre o salário os governadores sao muitos inresponsaveis só promete e nao cumprem nada do que fala.Os professores ganham muito pouco eu acho que eles deveriam ganhar mais

    Debora Cristina 8:d n:15

    ResponderExcluir
  11. Debora
    na minha opiniao os professores de escolas publicas estao certas.Eu concordo com seus direitos sobre o salário os governadores sao muitos inresponsaveis só promete e nao cumprem nada do que fala.Os professores ganham muito pouco eu acho que eles deveriam ganhar mais

    Debora Cristina 8:d n:15

    ResponderExcluir
  12. Oiee eu acho0, não eu não acho eu tenho certeza que atravez da internet podemos encontra coisas boas mais tem um porem aas coisas ruins tambem nao podemos acha que a internt é um meio vemos coisas escondido das nossas mae como a (pornografia) sei la mais eu acho coisa de quem não tem oque fazer.Em vez de ficarmos fazendo isso podemos divulgar coisas boas como nome da nossa escola por exemplo que nao tem uma boa reputação mais podi ter um dia só depende de nos.(OS ALUNOS)

    E sobre a educação das escolas não esta totalmente boa, quero dizer nem chega perto de boa, mais si toda escola tivesse PROFESSORES como o Fabricio e Patricia a connhecida (paty) podem tem certeza que a maioria iria para frente, eu sou prova disso eu era proticamente um (lixo) nao queria saber de estudar só cabulava e esses professores mi mostraram luz e estou indo bem melhor do estava antes .

    OBRIGADO FABRICIO E PATRICIA (PATY)
    Esaa é a minha opinião

    Daiane alves
    n°14
    Serie:8ªD
    Professor:Fabricio
    Matéria:Português
    Escola :ProfªEsther garcia

    ResponderExcluir
  13. Oiee eu acho0, não eu não acho eu tenho certeza que atravez da internet podemos encontra coisas boas mais tem um porem aas coisas ruins tambem nao podemos acha que a internt é um meio vemos coisas escondido das nossas mae como a (pornografia) sei la mais eu acho coisa de quem não tem oque fazer.Em vez de ficarmos fazendo isso podemos divulgar coisas boas como nome da nossa escola por exemplo que nao tem uma boa reputação mais podi ter um dia só depende de nos.(OS ALUNOS)

    E sobre a educação das escolas não esta totalmente boa, quero dizer nem chega perto de boa, mais si toda escola tivesse PROFESSORES como o Fabricio e Patricia a connhecida (paty) podem tem certeza que a maioria iria para frente, eu sou prova disso eu era proticamente um (lixo) nao queria saber de estudar só cabulava e esses professores mi mostraram luz e estou indo bem melhor do estava antes .

    OBRIGADO FABRICIO E PATRICIA (PATY)
    Esaa é a minha opinião

    Daiane alves
    n°14
    Serie:8ªD
    Professor:Fabricio
    Matéria:Português
    Escola :ProfªEsther garcia

    ResponderExcluir
  14. gostei sobre a sua postagem aqui no Grooeland, achei sua abordagem sobre o assunto sagaz.
    Vejo muitas pessoas que tem acesso ao mundo digital e a web, porém, como muitas outras coisas na vida, não conseguem ou não sabem usá-las a seu favor, e isso com toda certeza é resultado da falta de eduação (em todos os sentidos).

    gostei o blog, principalmente a parte que fala sobre o Esther garcia e os alunos,Pois acho que devemos mudar a forma de que as pessoas olham e falam sem saber de nada sobre a nossa escola.

    nome:priscilla dos santos
    serei:8ºD
    escola:esther garcia

    ResponderExcluir
  15. Eu Iandra não concordo com o desrespeito dos governadores eles pensam que é fácil ficar na sala de aula com aqueles alunos mal educados e desrespeitando a maioria dos professores eu tambem nao concordo com o salario dos prrofessores eles deveriam ganhar miuto mais.
    Iandra N:43 8:D

    ResponderExcluir
  16. Oiee eu acho0, não eu não acho eu tenho certeza que atravez da internet podemos encontra coisas boas mais tem um porem aas coisas ruins tambem nao podemos acha que a internt é um meio vemos coisas escondido das nossas mae como a (pornografia) sei la mais eu acho coisa de quem não tem oque fazer.Em vez de ficarmos fazendo isso podemos divulgar coisas boas como nome da nossa escola por exemplo que nao tem uma boa reputação mais podi ter um dia só depende de nos.(OS ALUNOS)

    E sobre a educação das escolas não esta totalmente boa, quero dizer nem chega perto de boa, mais si toda escola tivesse PROFESSORES como o Fabricio e Patricia a connhecida (paty) podem tem certeza que a maioria iria para frente, eu sou prova disso eu era proticamente um (lixo) nao queria saber de estudar só cabulava e esses professores mi mostraram luz e estou indo bem melhor do estava antes .

    ResponderExcluir
  17. thais do carmo nascimento 8f n 32 Oiee eu acho0, não eu não acho eu tenho certeza que atravez da internet podemos encontra coisas boas mais tem um porem aas coisas ruins tambem nao podemos acha que a internt é um meio vemos coisas escondido das nossas mae como a (pornografia) sei la mais eu acho coisa de quem não tem oque fazer.Em vez de ficarmos fazendo isso podemos divulgar coisas boas como nome da nossa escola por exemplo que nao tem uma boa reputação mais podi ter um dia só depende de nos.(OS ALUNOS)

    E sobre a educação das escolas não esta totalmente boa, quero dizer nem chega perto de boa, mais si toda escola tivesse PROFESSORES como o Fabricio e Patricia a connhecida (paty) podem tem certeza que a maioria iria para frente, eu sou prova disso eu era proticamente um (lixo) nao queria saber de estudar só cabulava e esses professores mi mostraram luz e estou indo bem melhor do estava antes .
    thais do carmo nascimento 8 f n 32

    ResponderExcluir
  18. Groo.

    Que coisa mais bacana ver alunos comentando aqui.
    Isso me deu uma idéia de montar uma atividade em que se crie um blog para discussão de um assunto da disciplina.
    Idéia que precisa ser amadurecida, já que, tenho turminhas de 120 universitários bem falantes...
    risos

    Beijo, professor.

    ResponderExcluir
  19. Obama deixou de ser simplesmente uma pessoa pra ser uma marca e nessas eleições sua campanha foi uma aula de gerenciamento de marca pra muita empresa ponta de esquina e outras gigantes.
    O cara utilizou de tudo e a Internet foi o meio principal pra conquista de eleitores, principalmente os jovens, uma parcela significativa dos aptos a votar.
    Pudemos ver uma série de estratégias: advergames, integração de mídias, marketing de relacionamento, direto. Mas tudo isso está dentro de uma estratégia muito maior, conhecida como Open Brand.

    ResponderExcluir
  20. a Internet é uma ferramenta maravilhosa e creio que ela ainda nos levará a descobrir novos horizontes do conhecimento e comunicação, mas como você mesmo disse, sem educação é praticamente uma ferramenta inútil. O que me preocupa é que a inexperiência ou ingenuidade dos jovens os coloca em risco com a crescente exposição de dados pessoais colocados na rede, segurança ainda é um problema a ser resolvido na Internet..

    ResponderExcluir
  21. Eu acho que atravez da internet podemos achar varias coisas boas mais tambem as ruins que encontramos entodos os lugares

    E os professores poderia usas esse meio vi net pq nos os alunos temos mais enterece de fazer trabalhos

    e atividades

    essa é a minha opinião

    nome: gleison resende de souza
    n°17
    série:8ªD
    professor: Fabricio

    ResponderExcluir
  22. Eu acho que no nosso pais poderia usar mais o meio via internet.

    pois é um meio rapido e facil!

    E pode ser usado de varias maneiras ,para publicar um livro, um trabalhoi ate objetos pessoais e tem muita gente que acha que internet é meio de fazer as coisas escondidos

    como o caso pedofilia eu acho que isso é coisa de quem nao tem oque fazer.

    sobre a escola e educação

    os alunos fazendo sua parte e os professores tambem pra tudo acharemos uma solução

    nome: Albert guilherme
    n°01
    série:8ªD
    professor: Fabricio
    Escola: ProfªEsther garcia

    ResponderExcluir
  23. Minha opinião é se todo mundo usace a internet da maneira certa nao haveria tanta coisa errada há coisas que dao certo na internet e tambem há coisas que nao da.

    Sobre educaçao temos que cada um fazer sua parte eu estou fazendo minha parte ficando dentro da sala fazendo as licoes e nao desacatando os professores e cumprindo minha média de¨ notas¨
    estarei fazendo minha parte pena que nao é todo mundo que pensa assim

    ESSA É minha opinião

    nome:rodolfo
    n°36
    série: 8ªD
    professor: Fabricio

    ResponderExcluir
  24. Lucas Souza da Silva nº27 8ºD
    E.E.Prof Ester Garcia
    Oi eu estou passando para deixar meu comentário sobre essa matéria.
    Achei muito interessante e muito satisfatória, é triste ver essa realidade, atualmente muitos não sabem fazer bom uso da internet, e quem sabe vem se dando bem, entrando para a história, o ser humano é um povo tao inteligente a sociedade é tão privilegiada e deveria se conscientizar do bem que está deixando de lado, a aprendizagem e o conteudo estão disponíveis e ninguem valoriza.

    ResponderExcluir
  25. Entendi que não há somente conhecimento nas escolas, livros e tv. Sabendo-se usar a internet para conhecimento, também pode-se aprender muito, não existe só o ORKUT ou MSN. Existem outros meios para se usar a internet para cultura. O governo também poderia divulgar mais esses conhecimentos também na periferia. As escolas estão entrando em defasagem de conhecimento, não são os prédios de ensino e sim a comunidade que não fazem por onde se ter um ensino melhor. Gasta- se muito tempo em sites pôrnos e não em cultura, somos um país grande, mais com oportunidades de conhecimento para poucos. Se o poucos tivessem mais conhecimento, o nosso mundinho (Brasil), não viveria tão somente no ORKUT e MSN.
    Procuraria mais interesses como leitura e aprendizagem. Mais acho que falta mais oportunidades. Também falta mais contatos com as familias, muitos pais saem para trabalhar e os filhos estão dormindo e quando voltam do trabalho os filhos continuam dormindo, aí onde a boa e velha educação foi-se. O cotidiano brasileiro resumi-se em ganhar dinheiro para se sobreviver, onde um baixo salário é disputado a tapas na fila de desempregados. Onde aí se torna constante a ausência dos pais.
    Minha opinião é essa

    Kelvin Carlos Macedo__ 8• D

    ResponderExcluir
  26. Groo.

    Eu não vou montar um blog, não.
    "Eles" é que vão criar um.
    Vou amadurecer a idéia. Mas apenas para algumas disciplinas específicas.
    São quase 1.000 "crianças" por semestre. Quero ver como vou me virar... :P

    Fui lá.
    Show!

    Tks por compartilhar.

    ResponderExcluir
  27. Eu ainda não sei o que os donos do poder queriam com a grande difusão da internet e na importância dela hoje. Mas, gradativamente podem ocorrer surpresas como, por exemplo, o povo largar uma ideologia e começar a questionar.

    ResponderExcluir
  28. Outro dia estava observando um primo meu de 11 anos no computador. Ele não sabe direito onde ficam as letras no teclado, não tem a mínima ideia do uso do Word, não sabe sequer navegar num simples site ou blog. Ele só se interessa mesmo por ficar vendo fotos no Orkut e brincando com aquela bobagem de Buddy Poke.
    É muito bonitinho uma criança que usa o computador e "sabe" mais que os pais, mas quanto mesmo ele sabe sobre aquela máquina? Sabe de suas potencialidades? Tem a mínima noção do que faz quando deleta um arquivo ou mete o dedo no reset quando o computador trava?
    Acho que as crianças deveriam fazer aulas antes de começar a usar pra veler um computador. Saber só usar Orkut e MSN não basta.

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita e o seu comentário! É sempre bom receber o retorno dos leitores.

Todas as opiniões são livres, porém não serão aceitos comentários anônimos e tampouco comentários ofensivos, discriminatórios e que não prezam pelos princípios da boa convivência - o autor do blog reserva a si o direito de excluir comentários com tais temas.

Volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...