domingo, março 13, 2005

GROO, O HEREGE

PERSONAGENS PERDIDOS – PARTE 1

“...e ele respondeu-lhe: ‘Mestre, tudo isto tenho observado desde a minha mocidade.’ Jesus fixou o nêle o olhar, amou-o e disse-lhe: ‘Uma só coisa te falta: vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; depois vem e segue-me.’ Ele entristeceu-se com estas palavras, e foi embora,todo abatido, porque possuía muitos bens. “ Marcos 10,v17-22

Eis aí um clássico exemplo de personagem perdido. “Quem seria esse jovem rico”, eu me pergunto sempre. Não só ele, mas muitos personagens por aí, que aparecem na literatura e fazem apenas uma “ponta”. Mas, de tanto imaginar sobre o paradeiro do jovem rico, acabei descobrindo o que aconteceu com ele. Não seja preconceituoso, cristão, vem se segue-me...

***
Ora, não poderia deixar seus bens numerosos. Então, dirigiu-se para sua casa, uma das mais suntuosas da Judéia. Disse aos escravos:
-Estarei em meus aposentos e não serei incomodado!
E começou a pensar se valia a pena deixar seus belos aposentos, seus escravos e concubinas egípcias, os tecidos sírios, o vinho farto e abundante, seu azeite. Sabia que Jesus seguia para Jerusálem e teve o ímpeto de seguir pela estrada e abandonar tudo, mas viu que não tinha coragem para tal ato. Então adormeceu profundamente.

No outro dia comentou com um amigo o que havia acontecido e de como estava, de certo modo, arrependido. O amigo disse-lhe:
-O que precisas é de uma festa! Vais esquecer essa baboseira toda!
E assim fez. Abriu sua casa numa grande celebração regada a muito vinho e matou dois bois para festejar. Os convidados perguntavam “o que estaria comemorando ele?” E o jovem rico respondia:
-Hic! Hic! Zzzzei lá....vamo comemorá!!! Uhuuu!!!!
Os convidados estavam enlouquecidos de tanto vinho. E, quando a festa atingia seu ápice, um dos escravos veio ao anfitrião:
- Mestre, o vinho está quase no fim!
- Ah é? Intão, que izzztá fazzzendo aqui parado? Vai pedi pra Zabulom fornezer maiz vinho...hic!
Mas Zabulom estava tão entorpecido que sequer lembrava-se de onde ficava seu depósito; Os empregados deste desapareceram. O jovem ficou sem vinho aos convidados, que passaram a reclamar incessantemente. Eis que o jovem rico sobe ao átrio e brada:
- Se não tem vinho, que tomem água!!! hic!
A festa terminou e todos comentavam a vergonha.

Ao amanhecer, o jovem rico ouve os comentários oriundos de um grupo de pessoas em torno do jornal “A Judéia”:
- Sim, isso sim é festa!
-Eis que o anfitrião não deixa faltar vinho!
-Não é vergonha da cidade, como o riquinho daqui
-Imagine...com um anfitrião destes, era festa todos os dias.

O jovem rico afasta-se do grupo e segue o caminho de casa. No caminho, ouve um menino gritando a manchete da “A Judéia”:
- Extra! Extra! Festa de arromba em Canaã!!!!Extra!!
- Moleque,dá um pergaminho aí.
E o jovem rico descobre que Jesus transformou água em vinho numa festa de casamento em Canaã. E o jovem rico rasga suas vestes:
- Ai, ai de mim, que não segui o mestre! Ai, desgraçado que sou, pois vinho, ao menos, jamais me faltaria!

***
Ora, naqueles dias que seguiram, o jovem rico andava taciturno e desgostoso com a vida. Arrependera-se de não ter seguido Jesus, mas tocava sua vida cuidando de seus negócios, a cia. de pesca do Rio Jordão. Ao confidenciar ao um amigo que sentia falta de motivação em sua vida, o amigo sugere:
- Tens dinheiro, mas não tens poder.Candidata-te ao cargo de saduceu!

O jovem rico pensou bem...Saduceu era um cargo importante...amigo dos romanos. Acima dos doutores da lei e dos fariseus. Sim, era algo muito bom!
Mas, para ser aceito no grupo dos saduceus,era preciso dinheiro e estima junto aos membros do Sinédrio. Dinheiro não seria problema; então resolveu dar um grande jantar aos Saduceus,Escribas, Fariseus, Zelotas e Herodianos. Preparou tudo pessoalmente,pois nada poderia sair errado dessa vez, e encomendou todo o estoque de vinho da cidade e matou 4 bois.

No dia do jantar, vieram todos os membros do Sinédrio;e tudo corria tudo muito bem. Os membros mais influentes do sinédrio estavam tão encantados com a recepção e com o jantar que não se importaram muito quando o jovem rico dizia apenas ter “ouvido falar” de Moisés. Caifás, um dos membros do Sinédrio, ergue sua taça de vinho e diz:
- Este homem é um dos nossos! Ave!
E todos levantaram suas taças e concordaram.

Ora, acontece que estes membros levaram suas esposas, filhos e filhas, amigos e vizinhos, genros, sogras e noras para o jantar, de tal modo que os 4 bois foram insuficientes e a carne começou a faltar. Um escravo perguntou ao anfitrião o que fazer.
- Ora, vá ao curral e mate mais uns dois!, disse o jovem rico
-Patrão, esqueceu que o senhor mandou sua manada para os pastos da Peréia?
- Consiga,então, outros bois, idiota!
- Patrão, é tempo de seca na Judéia. Todos os criadores levaram seus rebanhos para a Peréia e para Samaria....
Os membros do Sinédrio e os convidados passaram a reclamar insistentemente... e, como a falta de carne já chegara ao conhecimento de todos, o jovem rico sobe ao átrio e brada:
- Se não tem carne, que comam figos!
O Sinédrio se retira, ardendo de ódio. Caifás, sumo sacerdote, grita para o jovem rico:
- Pode esquecer sua carteirinha de sócio! Ave!

***
Dia seguinte, o jovem rico ouve o moleque do jornal:
- Extra,Extra!!! Comida farta marca sermão em Montanha!!!
O jovem rico compra o jornal. E lá está a notícia: Jesus alimentou 4 mil pessoas multiplicando cinco pães e dois peixinhos! E o jovem rico rasga suas vestes:
- Ai,ai de mim que não segui o mestre! Pois ao menos aprenderia como não deixar faltar carne no jantar! Ai, ai de mim! (continua semana que vem...por incrível que pareça!)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita e o seu comentário! É sempre bom receber o retorno dos leitores.

Todas as opiniões são livres, porém não serão aceitos comentários anônimos e tampouco comentários ofensivos, discriminatórios e que não prezam pelos princípios da boa convivência - o autor do blog reserva a si o direito de excluir comentários com tais temas.

Volte sempre! =)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails