quarta-feira, junho 24, 2009

O comportamento sexual segundo Dr. Dick Payne

(Sim! Outra "arte" imbecil. Quer ver melhor? Clique nela)


Graças ao excelentíssimo senhor bufão presidente do STF (Supremo Tribunal de Falcatruas), Gilmar Dantas Mendes, para ser jornalista não é mais preciso ter diploma, o que significa que não precisa também cursar uma faculdade e essas bobagens do tipo "estudo" e "pesquisa", chega de perder tempo!

Portanto, hoje qualquer um pode ser jornalista. Se cozinheiras e costureiras podem, eu também posso. É isso aí, não reclamem, apenas acatem. Qualquer coisa, falem com o cappo Gilmar Dantas Mendes, mas tomem cuidado com os capangas.

Feita esta pequena apresentação, vamos ao que interessa. Como agora posso ser jornalista, aproveitei bem a abolição da ditadura do diploma ( obrigado, Mr. Dantas Mendes) e consegui uma entrevista com o polêmico Dr. Dick Payne, da University of Ray, Ohio. O Dr. Payne, 69 anos, também conhecido como "velho sacana" (título concedido por seus detratores), é especialista em sexologia, autor da controversa obra "Orgasmo Cósmico Blue" e nos dará (ops!) muitos toques (epa, epa!) sobre este assunto que sempre gera muito interesse. Vamos à entrevista, traduzida para a língua (hummm) Portuguesa, para sua vossa satisfação (oh, yes!).

Grooeland: Dr. Payne, semana passada tivemos uma notícia interessante: metade dos chineses até 25 anos vê pornografia na internet. Qual sua avaliação sobre isso?
Dr. Dick Payne: Bem, eu vejo isso como um aspecto muito positivo e que poderá inclusive ajudar o planeta. De que forma? Veja bem: a China tem quase 1 bilhão e meio de habitantes, e isso porque há uma rígida política de controle de natalidade no país. Com a pornografia on-line estes jovens farão mais sexo virtual, sentirão-se satisfeitos apenas com a masturbação, o que certamente ajudará a reduzir este índice de natalidade. Eu acredito que o governo chinês deveria incentivar a pornografia, poderia servir de modelo para outros países com problemas de super população.

Grooeland: Foi divulgada, aqui no Brasil, uma pesquisa sobre o comportamento sexual dos brasileiros. E um dado chamou a atenção: a quantidade de pessoas que fizeram sexo casual dobrou nos últimos quatro anos. Como o senhor analisa este dado?
Dr. Dick Payne: Com naturalidade. O Brasil é um país em que o sexo está presente em todas as situações. Até mesmo na política, da qual seus representantes gostam de foder com o povo o tempo todo. São mesmo insaciáveis. Mas posso falar do Brasil porque vivi aí algum tempo, fiz vários estudos e especializações. Em um desses estudos contei com a participação valiosíssima da professora Norma Lúcia, especialista em sexo casual, que me dizia: “todo mundo é corno, mesmo que não seja, por uma mera questão conjuntural técnica”. Ora, todos flertam, paqueram e, se encontrarem a brecha, por menor que seja, por parte do homem ou da mulher, farão sexo. Qual o empecilho para que pessoas livres e descomprometidas se entreguem ao prazer? E até mesmo aqueles que já tem relacionamentos, por que não? Não estou pregando a promiscuidade e traição, até porque há a questão da fidelidade nos relacionamentos mas também há o componente da fantasia, e o sexo casual faz parte do vasto imaginário criativo do brasileiro, seja o casual com desconhecidos, seja com o amigo, a amiga, o vizinho, a vizinha, colegas de profissão, enfim, um verdadeiro universo erótico onde as pessoas estão dispostas a realizarem suas fantasias, conforme a professora Norma Lúcia afirmou: “não existe ninguém razoavelmente normal que não pense ou não tenha pensado em prevaricar”. Portanto, vejo tudo isso com muita naturalidade.

Grooeland: São ideias bastante polêmicas, doutor Payne.
Dr. Dick Payne: Por isso me chamam de "devasso", mas gosto do que diz aquele presidente do Paraguai, Fernando Lugo, ex-bispo: " há momentos na vida em que os afetos do amor não tem idade e nem situação". E ele era padre, imagino as situações em que esses "afetos" aconteceram, amém. Conheci no Brasil o professor Rodrigues, que sempre foi muito preciso em suas ponderações. Ele costumava dizer que “se soubéssemos dos detalhes da vida sexual das pessoas não falaríamos com elas”. Ele é autor de vários estudos sobre o comportamento do brasileiro, inclusive sexual, recomendo entusiasticamente que procurem e leiam esses compêndios do professor Rodrigues.

Grooeland: Doutor Payne, essas ideias não generalizam as pessoas? Todos são assim?
Dr. Dick Payne: Ora, meu amigo, é só analisar, eu sou um pesquisador, este é meu trabalho: mesmo em tempos de crise, a indústria pornô continua ereta (nota da redação: este foi um post muito interessante do grooeland. Se não leu, sorte sua, pensando melhor) e lucrando muito, há um público ávido por novidades! Até para os evangélicos! O mundo gira em torno do sexo, meu amigo, as pessoas pensam em sexo o tempo inteiro!

Grooeland: Bom, Dr. Payne, eu discordo desta afirmação. Na verdade, de todas suas afirmações. E o amor, onde fica? O amor, a fidelidade? As pessoas não pensam apenas em sexo. Eu acho que o amor...ei, doutor, quem é aquela moça ali na copa?
Dr. Dick Payne: É Dolores C. Fuego, minha estagiária mexicana. Gostosa, né?
Grooeland: Muito. Belo par de seios!
Dr. Dick Payne: Ela está nos chamando para um chá. Mas ela sempre oferece Tequila mais tarde. Vamos! Dolores é muito eficiente, tem boas ideias também sobre o comportamento sexual dos mexicanos, podemos conversar sobre isso.
Grooeland: Boa ideia, doutor Payne. Aos leitores do Grooeland, encerramos aqui nossa entrevista. Hasta la vista!

17 comentários:

  1. Aos amigos que prestigiam ( corajosos!) este blog:

    Estarei afastado de internet, energia elétrica e outras coisas tão importantes para a nossa sobrevivência como o orkut, MSN e o twitter (sei lá o que é isso, eu tenho e nem sei como funciona).

    Ficarei 1 semana fora para retiro espiritual em Katmandu (procure no mapa, fica perto da China e da Índia). Por esta razão não poderei retribuir algumas das gentis e inteligentes visitas que insistem em aparecer por aqui.

    Thank you e até a volta!

    ResponderExcluir
  2. Ora, ora...

    Acho que você mentiu quando disse que seu destino é o Katmandu... tenho quase certeza de que você foi ao México, creio até que verei em breve fotos suas usando um sombreiro e apalpando uns peitões, digo, uns copos de tequila, aiaiaiaia...

    Este Dr. é, sem dúvidas, um dos maiores 'entendidos' no assunto, rs...

    Gostei muito de sua teoria sobre o sexo virtual, faz sentido. Porém, deixo registrado aqui que não abro mão do sexo tradicional, afinal, troca de fluidos é foda (literalmente!).

    Bem, boa viagem para vc!

    Kiso!

    ResponderExcluir
  3. Afastado? Nossa, o encontro com a mexicana deve ter sido bem... proveitoso, para almejar um retiro espiritual em Katmandu...
    Este Dr. aí cobra caro uma consulta? =P
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Uahahahahhahahahahhahaaaaaaa!!!!

    Dr. Dick Payne, é? Gostei desse cara...

    Só você mesmo, Jaimão! Aposto que nessas suas andanças por terras baianas, aprendeu muito com a professora Norma Lúcia...

    Eu, como graduado, bacharelado, pós-graduado e "otras cositas mas" em Sacanagem, tenho autoridade suficiente pra assinar embaixo de cada palavra do Dr. Pa... digo, Dr. Dick!

    Uahahahahhahaa!

    E pensando melhor: essa garotada tem mais sorte que a gente, né? Pobre Marcelinho, esperava ansioso pelo início da Sexta Sexy ou do Cine Privê... E nossas coleções de Playboy (se bem que sempre preferi Ele&Ela... Aliás, desconfio, que aquele suplemento Cartas do Forum me incentivou deveras nessa vida de humilde escriba... Mas fica esse papo pra outra ocasião!)? Ah, que saudades da Tracy Lords... Oh, Cicciolinaaaaa!!!!!!!

    Falando nisso, vou desencavar uma velha VHS que eu tenho aqui, com nada mais, nada menos que... Deep Throat! Linda Lovelace em sua melhor forma!

    Uahahahhahaaaaaaa!!!!

    Desculpa, Jaimão... Falo em sacanagem e me entusiasmo. Aliás, eu falo mais do que faço!

    Uahahahhhhhaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!

    Abração!

    P.S.: Cara, já leu "Os Caminhos de Katmandu" do René Barjavel?!

    ResponderExcluir
  5. Groo!

    Como sempre você matando a pau em suas escritas...

    Aproveite na sua viagem e me visite na minha "Selva"!

    Abs.

    ResponderExcluir
  6. É Groo, estamos virando refèns do especialistas. Ah, e cuidado com a gripe hein? Não em Katmandu... mas com a mexicana. hahah! Abração, paz e bem.

    ResponderExcluir
  7. HUhauhuahua!
    Muiiiiiiiito bom
    Pena q vc vai nos abandonar =(

    Boa viagem!

    ResponderExcluir
  8. "ÚI! Quédome nerviosa aguardando tu retuerno"...e me matriculando rapidamente num curso de espanhol...rsrsrsrsr
    http://curiosaidentidade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Ah, groo, você é o melhor cronista que eu conheço. Vai ser duro ficar sem você por uma semana.

    Beijos saudosos.

    ResponderExcluir
  10. Ei Jaime, tudo bom? Espero que o seu retiro tenha sido ótimo. Estamos sentindo falta de você por aqui. li o seu post assim que postou e está estranho não ver o GOO atualizado lá no meu Reader.
    Esse "Seu Doutor" parece mesmo muito "do entendido" do assunto.
    até mais e apareça. Estou precisando de bons leitores.. rs

    ResponderExcluir
  11. show de bola a teoria:p
    olha, o cinta foi atualizado com o segundo conto:D
    da uma passada la se puder;**

    http://cinta-a-liga.opvs.org/

    ResponderExcluir
  12. Hahaha! Ótima entrevista...desse jeito não vai precisar mais de diploma mesmo. :p

    ResponderExcluir
  13. Groo, cumpadi. Sei que devia fazer o comentário inteligente, mas tô com dor de cabeça hoje. Mas adorei a entrevista. Ri muito com ela e com as tiradas (epa!). Muito didática. Aliás, vindo de alguém da educação já era de se esperar... Ah! E o amor? Ele deve estar em algum lugar distante, sei lá aonde.

    Abração!!! E volte logo, hein!

    ResponderExcluir
  14. Amigo,
    Realmente descobri que o maravilhoso político que resolveu "exterminar" com o diploma de jornalismo estava coberto de razão... olha só no que deu: agora qualquer um pode se meter a jornalista e se dar muito bem, até você, Groo...

    Esse dr. Dick Payne é mesmo muito centrado e de uma inteligência sobrenatural. Inclusive, deixo uma dica para sua próxima entrevista: procure um E.T. e faça valer a sua voz. Com certeza ele te concederá uma entrevista de fazer inveja a qualquer Dr. Payne e STF (Supremo Tribunal de Falcatruas).

    Pense nisso, rs....

    Bjão, meu amigo!

    ResponderExcluir
  15. Excelente analogia com a decisão do STF de abolir a necessidade de diploma para jornalista!

    Morri de rir com a entrevista! Essa do incentivo à pornografia na China foi demais!

    Excelente postagem, Jaime.

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita e o seu comentário! É sempre bom receber o retorno dos leitores.

Todas as opiniões são livres, porém não serão aceitos comentários anônimos e tampouco comentários ofensivos, discriminatórios e que não prezam pelos princípios da boa convivência - o autor do blog reserva a si o direito de excluir comentários com tais temas.

Volte sempre! =)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails