sexta-feira, janeiro 23, 2009

A sociedade da informação!

Sei lá...sabem que a cada dia venho perdendo a esperança nessa conversa de "mundo melhor"? “Lá vem outro texto pessimista e amargo! Ah, chega de ler essas coisas. Fui!”.

Não, não se incomode e nem precisa justificar nada. Obrigado pela visita e espero que volte outras vezes, afinal tenho lá meus momentos mais otimistas. Mas é que sou um homem que vive no século XXI, em um período que dizem se chamar “sociedade da informação”. E, mesmo que eu tente evitar ou selecionar o máximo possível, recebo uma tonelada de informações todos os dias.

E as informações são ótimas e de grande utilidade. Um das melhores, e em destaque considerável no site de notícias, me informa que Rogornaldo Fenômeno de marketing cortou o cabelo por R$ 15. Cortou, não: reduziu o volume. Não é sensacional? Certamente é o tipo de informação que agrega conteúdo e conhecimento.

Rolo a tela – não é interessante? Até pouco tempo seria “viro a página”; hoje é rolo a tela, clico no link, etc. Onde estava? Ah, sim: então, rolo a tela e lá está outro destaque, desta vez acompanhada com uma foto enorme: “Priscilla convida Emanuel para dormir com ela na primeira noite”. Outra informação útil, mesmo que eu não faça idéia de quem sejam Priscilla e Emanuel. Depois vejo que é coisa do BBB9. Ah, agora sim. Entendi perfeitamente!

Opa! Leio algo interessante agora: Super Obama já começa a planejar com autoridades militares a retirada de tropas estadunidenses do Iraque. Bacana. Já é um grande passo em busca da paz.

Paz, eu disse? Sei não...recebi um e-mail de um colega dizendo que existem hoje no mundo mais de 100 guerras e conflitos entre nações. Seria um exagero deste colega? “Puxei pela memória” e me lembro de alguns conflitos ou guerras ao redor do mundo.

Só na África os conflitos e guerras são numerosos. Acho que nem dá para contar. Lembro-me de cara da Nigéria, que tem briga entre cristãos x muçulmanos que se arrasta há anos; Darfur, no Sudão, foi até tema (bem oportunista, como sempre) da VEJA; tem ainda a Somália, Ruanda e Burundi (esses eu bebi na fonte da internet) e mais um monte de conflitos e guerras tribais pelo continente.

No Oriente Médio, nem se fala, também. Israel/EUA x Palestinos é apenas mais um e o mais famoso. E que tal a postura do Iraque e Turquia em relação aos curdos? E ainda tem os afegãos que sofrem nas mãos do Taleban e dos EUA!

E a agora global Índia ( preparem-se: teremos uma "invasão cultural” de Índia por aqui. Lembram-se de “O clone”, com quase todo mundo falando “Ichi Alá” e a dança do ventre? Pois é, podem esperar por expressões, danças e moda from Índia!) sempre em confronto com o Paquistão por causa da Caxemira; vira e mexe a Espanha tem problemas com o ETA; a Rússia sempre às voltas com alguma parte da ex-União Soviética querendo a independência; e a Sérvia às voltas com Kosovo.
Mundo tranqüilo, hein? Ah, o trema? Deixa ele aí, até 2012, mais ou menos.

Sabem, começo a achar que tem razão mesmo uma considerável parte dos leitores do jornal A TARDE, de Salvador. Uma olhada no site do jornal e vejo que as notícias mais lidas no dia 22 de Janeiro são estas:
Nasce o filho de Cláudia Leitte
Primeira noite de Claudia Leitte como mamãe foi movimentada
Filho de Cláudia Leitte chega ao quarto e mama pela primeira vez


Acho que o melhor mesmo é acompanhar o corte do cabelo do Rogornaldo, as notícias empolgantes do BBB e o nascimento do filho de uma cantora de axé. São bem mais úteis que informações descartáveis sobre conflitos mundiais na África, Oriente Médio, Europa, América.

Pelo menos, todo mundo comenta e dá para passar o tempo na fila do banco, no boteco, na padaria...e eu não me sinto deslocado. Afinal, o corte de cabelo do Rogornaldo Fenômeno de marketing merece mais destaque do que Dafur e o Burundi. Burundi? O que é isso?

8 comentários:

  1. O "teto" da sociedade das informações está "desabando em nossas cabeças".
    Já nem sei mais o que é certou ou errado em relação à midia...o que convém e é mais lucrativo é passado á sociedade sem agregar valores...
    Mas fazer o que cada um pode se informar da forma que lhe convêm ou achar interessante.
    Agora fica a critério ser informado ou não!

    ResponderExcluir
  2. Desculpe a demora para comentar. Eu amei seu texto. As pessoas dão mais importância à notícias supérfluas porque elas ajudam a descontrair. Guerras ao redor do mundo já se tornaram coisas corriqueiras.

    ResponderExcluir
  3. O cruel "Groo" é iniciar as aulas concorrendo com o "BBB9", a molecada toda falando de paredão, etc., que venha o ano letivo de 2009.........

    ResponderExcluir
  4. Bom dia!

    Concedi um prêmio MEME ao teu blog.

    Vá até o 'Garota Pendurada' resgatá-lo.

    Kiso

    http://garotapendurada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Mas peraí, que interessa aos outros o que leio??? Leio notícias que me interessam ( detesto ler sobre celebridades) prefiro ler o que acontece ao redor do mundo, à saber se o Ronaldo cortou ou não o cabelo. E daí se os outros preferem outras coisas? Leio p/ minha informação e não p/ ter "temas" numa mesa de bar ou numa padaria.
    Beijinhos!!
    http://cgfilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Escorreu um fiozinho de ironia.
    ;)

    Concordo, Groo.
    Com tudo.
    Desta vez, com tudo.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Não se esqueça do caso da Colombia e as FARC
    :]

    Realmente, as pessoas hoje em dia preferem dar ouvidos as coisas mais úteis, como por exemplo, quando a mulher do presidente da França, Espanha sei la esteve aqui no Brasil. Alguém foi lá ver o que o Lula negociava com o cara? Não. Todos foram ver a roupa que a mulher usava. Puta que pariu, ninguém nunca viu roupa na vida? Parece até os índios quando os portugueses chegaram aqui.
    Dias atrás eu li que "A Barbie está vendeno menos que as bonecas Broatz". Me acrescentou grande quantidade de informações culturais.
    Mas, não sei se você ja percebeu que, as pessoas só dão importância pra alguma coisa realmente interessante quando são atingidas por isso. Exemplo é a crise economica mundial, no começo NINGUÉM tava nem aí pra ela, agora que ela ta fudendo a vida de todo mundo a gente está se importando, criticando (sem saber da onde, quando e como veio a crise).

    Enfim, se eu for escrever mais daria para fazer outro post. rs

    Parabens pelo blog.


    http://opniaoinutil.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita e o seu comentário! É sempre bom receber o retorno dos leitores.

Todas as opiniões são livres, porém não serão aceitos comentários anônimos e tampouco comentários ofensivos, discriminatórios e que não prezam pelos princípios da boa convivência - o autor do blog reserva a si o direito de excluir comentários com tais temas.

Volte sempre! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...