sábado, outubro 18, 2008

Seqüestro em Santo André e a espetacularização entra em cena novamente

Não vou cair na armadilha fácil dos clichês que acusam a polícia paulista de negligente ou despreparada em relação ao desfecho lamentável do caso da garota Eloá, em Santo André, SP.

Até porque não sou especialista em táticas policiais e ainda há muitas perguntas sem uma boa resposta, como a volta da garota Naiara ao cativeiro com autorização da polícia ( algo inédito, segundo os próprios especialistas em segurança) e de onde partiu os tiros que acabaram atingindo as garotas ( até este momento, 18/10, 23:10, a garota Eloá ainda luta pela vida em um hospital, embora seu estado seja gravíssimo).

O máximo que eu posso dizer sobre a ação policial é que lembrou muito o caso do ônibus 174 no Rio de Janeiro.


A IMPRENSA E O ESPETÁCULO

"O espectador não deve trabalhar com a própria cabeça; o produto prescreve toda e qualquer reação(...) toda conexão lógica que exija alento intelectual é escrupulosamente evitada." Adorno

Há que se destacar a cobertura dada pela imprensa a este caso. Mais uma vez determinados setores da mídia seguiram o caminho fácil e questionável da espetacularização da notícia. O conjunto habitacional onde acontecia o “espetáculo” só foi esquecido momentaneamente por conta da manifestação da polícia civil e do choque destes com a polícia militar (aliás, que papelão do Serra. Se a Marta fala bobagem, Serra também não fica muito atrás).

Um programa matinal de “variedades” da Rede Record apresentou uma entrevista com o seqüestrador Lindemberg Alves onde o rapaz quase foi canonizado ali mesmo; o programa da fofoqueira sem escrúpulos ( há quem a chame de jornalista e pode ser que ela seja mesmo, inclusive com MTB) Sonia Abraão também trazia entrevista com o seqüestrador e este foi alçado à categoria de “coitadinho excluído da sociedade opressora”.

Então a imprensa é culpada por este terrível desfecho? Claro que não.É algo condenável quando a "grande imprensa" resolve criar circos para determinadas situações. E a polícia tem suas críticas em relação à atuação da mídia. Um capitão da PM declarou ao jornal Estado de S.Paulo:

“Para esse tipo de ocorrência existem pessoas treinadas, especializadas. Às vezes, uma palavra errada da apresentadora coloca tudo a perder.”

O resultado de tantos holofotes tornou o seqüestrador deslumbrado, como se fosse uma “vedete”, segundo o coronel José Félix, do Batalhão de Choque.

PREOCUPAÇÕES
Como o pior já está feito, este blogueiro só tem algumas preocupações:

1 – que a garota Eloá, de apenas 15 anos, consiga vencer a morte e que tenha uma longa e feliz vida;

2 – algumas besteiras que começam a aparecer por aí, além dos oportunistas dos direitos humanos. Que tal este título de matéria? “Mensagem no Orkut teria motivado seqüestro em São Paulo”.

O orkut já é responsabilizado pelos casos de pedofilia, brigas de torcida organizada e até assassinatos. Agora, é a vez do seqüestro. Interessante que tal site seja “a bola da vez” – na verdade, para alguns setores mais conservadores e desesperados da imprensa, a internet e suas redes sociais constituem-se em perigosas ameaças para a família e sociedade em geral. E olha que são os mesmos que saúdam a livre concorrência e o cassino especulativo na roda financeira! TFP, CCC, ah, que saudade!

3 – É só esperar: faltando 1 semana para as eleições do segundo turno para a prefeitura de SP, tá na cara que a questionável ( para não ser leviano) ação da polícia será utilizada com finalidades políticas, da mesma forma que o Serra acusou o PT e o deputado Paulinho da Força Sindical ( pelegão) de armarem tudo aquilo com a polícia civil em greve há 1 mês (Aliás, só um detalhe sobre aquela propaganda da Marta Suplicy insinuando que o Kassab é-ou-não-é: a “revista” VEJA também fez das suas. Olha só a pergunta pro Kassab: Não é muito comum um homem público de sua idade ser solteiro. Existe alguma cobrança sobre o senhor nesse sentido? Quem quiser conferir a entrevista, é só clicar AQUI. Detalhe: é do dia 18 de Junho!).

A impressão que se tem é que há torcida pra “quanto pior, melhor”. A baixaria promete correr solta.

7 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Olá groo.......

    Em relação ao confronto das "Polícias" de São Paulo, prefiro ver pelo lado amargo da situação, um pouco depois de assistir as cenas lamentáveis no Programa do "Dapena", conversei com meu pai por telefone, meu velho pai Policial Militar Aposentado, com sua visão romântica da coisa me disse: - Briga de irmãos,filho...

    Esse "irmãos" continua inundando meus pensamentos mesmo sabendo que havia por parte dos políticos malditos a intenção de se aproveitar do Movimento de Greve, aliás, foi isso que eles fizeram com os Professores também, mas como minha família possui Policiais de ambos os lados, o que me restou foi lamentar e chorar, pois nunca achei que a situação chegaria a este ponto, chorei mesmo, não tenho vergonha em dizer e ainda mais, aumentou o sentimento em relação ao desejo de auxílio dos Professores da Rede Pública Estadual de São Paulo a este movimento, mas isso é sonhar muito pois o Sindicato dos Professores aqui de Sampa é "vendido" e é só o "MotoSerra" bater o pé que eles saem correndo....

    Existem outros detalhes que aparecerão com o tempo em relação a este lamentável confronto, mas existem homens valorosos dos dois lados..........aqui deixo minha tristeza e indignação....

    ResponderExcluir
  3. Eu pensei absolutamente a mesma coisa, Ônibus 174 tudo de novo.

    ResponderExcluir
  4. Fabrício, e voltará à tona o debate sobre as polícias civil e militar. Você que tem parentes dos dois lados deve entender melhor essa questão melhor que um monte de "especialista" por aí falando horrores já.

    Mas é realmente lamentável. E um amigo me chamou a atenção para uma coisa hoje: "Já reparou que toda a manifestação em SP acaba em confusão com o Serra?" E puxando um pouco a memória, é só lembrar da USP,professores e agora os policiais.

    Mas valeu, abraço!

    Lady Metal, só trocou de ambiente: não era um ônibus, e sim um apartamento.

    Mas esperemos pra ver o que aparece nos laudos...

    ResponderExcluir
  5. Na minha opinião Groo ele já fez mais do que o bastante para justificar uma Renúncia, quantas Greves já não ocorreram durante o seu Governo, mas se na Escola eu falar em renúncia serei chamado de reacionário, golpista......é mole....mas é a pura verdade, o meio do professorado aqui em Sampa exala hipocrisia.....Mas peço a Deus que Ele sempre me mantenha lúcido para poder passar para os alunos uma visão diferente da qual a mídia quer impor à eles...

    abraço groo....

    ResponderExcluir
  6. Fabrício, eu tenho lá minhas restrições ao Paulo Henrique Amorim, mas essa que ele pescou foi sensacional:

    "uma brava repórter da CBN corre o sério risco de perder o emprego. Na entrevista coletiva, enquanto Serra discorria aquele "tro-ló-ló" que a greve era por motivos eleitorais, a repórter perguntou: eleitorais, como ?, se a eleição é municipal e a Polícia é um problema estadual ?"

    Vai ver, a repórter não entendeu as motivações do MotoSerra...hehehhe!

    ResponderExcluir
  7. O mais engraçado Groo é que tem professor por aqui dizendo que votou e votará no Kassab(será q ele é?...hehehe)no segundo turno porque não aguenta mais o PSDB..........é mole!!!.........DEM+PSDB=KASSAB cheio de secretários tucanos......só não vê quem não quer......hehehe

    abraço groo....

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita e o seu comentário! É sempre bom receber o retorno dos leitores.

Todas as opiniões são livres, porém não serão aceitos comentários anônimos e tampouco comentários ofensivos, discriminatórios e que não prezam pelos princípios da boa convivência - o autor do blog reserva a si o direito de excluir comentários com tais temas.

Volte sempre! =)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails